CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2001

Fragata desponta como favorita




13FRAGAT.jpg Passistas da escola heptacampeã do carnaval pelotense empolgaram o público


O desfile das escolas do Grupo Especial de Pelotas, mesmo com muitos problemas técnicos, conseguiu empolgar o público. A escola Rosa Imperial, com 500 integrantes, trouxe para a pista o tema 'Brilha no Céu, Reluz na Terra: 2001 a Nova Era', abrindo o desfile. A festa só terminou com dia claro, quando os 1,2 mil componentes da Estação Primeira do Areal, com o tema 'Do Umbral ao Paraíso', agitaram os foliões. Mesmo com problema no som, a popular General Telles, com 650 componentes, fez o público levantar e cantar com as 16 alas que homenagearam 'Os Orixás'. Os 650 participantes da Unidos do Fragata empolgaram o público trazendo para a pista 'Na Era de Aquarius, Navegar Eu Vou'. Heptacampeã, a Unidos do Fragata saiu da avenida como favorita para levar também o título de 2001. O resultado sai quarta-feira.

O desfile foi marcado pela falta de som na passarela do samba. Ao longo de toda a noite, foram incontáveis os coros de 'queremos som! queremos som!', puxados pela maioria das 6 mil pessoas nas arquibancadas.

'A falta de som na passarela matou o desfile', resume o presidente do júri, Adelmo Moraes de Almeida. A explicação para a pane, de acordo com os representantes da empresa contratada para o serviço, foi um problema no linck do carro de som com a mesa de som. O vice-prefeito e presidente da Comissão do Carnaval, Mário Filho, classificou o ocorrido como 'algo muito grave' e arrematou: 'Esta empresa terá que indenizar a prefeitura, que, por sua vez, deverá indenizar o público'. A empresa recebeu R$ 28 mil para realizar o trabalho e, segundo Mário Filho, deu garantias de que nada poderia sair errado.

O vexame, segundo algumas autoridades, só não foi maior porque, quando os problemas começaram, o governador Olívio Dutra, que participou da abertura da festa, já havia ido embora. Uma vez na passarela, as escolas se desdobraram e, mesmo com todos os problemas, conseguiram mostrar um espetáculo que arrancou elogios até mesmo dos jurados mais sisudos. 'O carnaval de Pelotas melhorou muito, tanto em qualidade como em quantidade', diz a jurada de Porto Alegre Vera Lúcia da Costa e Silva.



Correio do Povo
Porto Alegre - RS - Brasil