CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 12 DE FEVEREIRO DE 2002

Chegou a vez das melhores na avenida




12CHEGOU.jpg O retorno ao Grupo Especial revelou a garra e a paixão dos bambistas por sua escola de samba


A escola Bambas da Orgia abre o desfile desta noite determinada a repetir o feito de 2001: ser campeã, mas do Especial. O mar azul e branco apresentará um tema-enredo sobre as cartas do baralho. A Estado Maior da Restinga, inconformada com o terceiro lugar em 2001, quer causar furor na passarela. Para isso, escolheu a história do sapato como inspiração. 'Sapato tem no mundo todo, em todo o meio social. Na literatura infantil e também no carnaval. Não nascemos de sapatos, mas morremos com o tal'.

A Imperadores do Samba, que entrará na avenida ao som dos rugidos dos leões, vem com tudo para conquistar o tri-campeonato. A nação vermelho e branco, que cantará a natureza e suas transformações, promete repetir o protesto do ano passado - pela construção de um sambódromo - e trazer para a passarela alegorias impressionantes, que, de tão grande, mal passam pela pista. Os mistério e as mensagens do tarô serão os temas festejados pela Unidos da Vila Isabel.

O amor, com direito a cupidos e alma gêmea, será a inspiração da Academia de Samba Praiana. A União da Vila do IAPI preferiu homenagear o Clube Sogipa, que completou 135 anos de contribuição à cultura de Porto Alegre. A última a desfilar, por volta das 5h, a Imperatriz Dona Leopoldina virá com o tema 'Das areias da vida, vou caminhando rumo à liberdade' e fará uma crítica ao sistema político, sugerindo 'botar areia para atrapalhar'.



Correio do Povo
Porto Alegre - RS - Brasil