CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2002

Sambistas falam de cores e feriados




09SAMBIS.jpg Destaques saúdam os foliões na avenida


O enredo sobre a evolução das cores através dos tempos, desde os pigmentos extraídos da natureza usados na Pré-história até os corantes industrializados, possibilitou que a Academia de Samba Puro abusasse dos tons para colorir a avenida e levantar o público da arquibancada. 'Do magnetismo das cores, a alegria e a paixão de um povo', tema da primeira escola a entrar na avenida, relacionou as principais cores usadas no Rio Grande do Sul: o vermelho do Internacional e da Imperadores do Samba; e o azul do Grêmio e dos Bambas da Orgia. Três mil bandeiras do tricolor foram distribuídas aos foliões. Mais de 1,8 mil pessoas animaram as 14 alas e os quatro carros alegóricos.

Já o samba-enredo da Embaixadores do Ritmo instigou o público a refletir sobre quantidade de feriados ocorridos anualmente no país. 'Tô de olho no feriado' abordou datas como o Ano Novo, Páscoa, Dia do Trabalho e Natal. Num mundo capitalista, a escola relacionou os tradicionais dias de folga com interesses políticos, religiosos, culturais e econômicos. Nem mesmo a 'indústria do carnaval' foi poupada. A grande festa popular brasileira foi destaque no carro abre-alas, que trouxe personagens estilizados, como Pierrot e Colombinas. A comissão de frente mascarada abriu o desfile da escola.



Correio do Povo
Porto Alegre - RS - Brasil