CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 2 DE OUTUBRO DE 2002

Medalha da 50ª Legislatura destaca a Agert
Dezoito personalidades do Rio Grande do Sul são homenageadas pelo poder na data de comemoração dos 40 anos da entidade




17MEDALH.jpg Renato Bastos Ribeiro é agraciado pelo presidente do Legislativo


A Assembléia Legislativa homenageou, na noite de ontem, alguns dos principais nomes da história do rádio gaúcho, nos seus 40 anos de existência, e brasileiro, com a concessão da medalha da 50ª Legislatura. No total, 18 personalidades receberam a homenagem, entre eles o presidente da Empresa Jornalística Caldas Júnior, Renato Bastos Ribeiro, e o diretor Administrativo do Correio do Povo, Carlos Alberto Bastos Ribeiro.

O jornalista Flávio Alcaraz Gomes, do Correio do Povo e da Rádio Guaíba e ex-presidente da Associação Gaúcha das Emissoras de Rádio e Televisão (Agert), também recebeu a medalha. Ao agradecer, ele ressaltou sentimentos como a humildade, o respeito e a gratidão que permanecem em ocasiões de reconhecimento como essa. O radialista, desembargador e 3º vice-presidente do Tribunal de Justiça do Estado, Carlos Alberto Bencke, lembrou dos tempos em que desenvolvia as atividades de advogado e radialista conjuntamente. 'Foi um grande sacrifício deixar o rádio, que até hoje é uma grande paixão pessoal', afirmou Bencke, recordando vitórias pessoais e profissionais obtidas durante os 19 anos em que atuou no rádio gaúcho.

O ex-presidente da Agert Antônio Abelin relembrou o início da entidade, principalmente no interior do Estado. 'O rádio foi e tem que continuar sendo o porta-voz da comunidade', destacou.

'O rádio continua tão atual, tão vivo e tão vibrante como sempre foi', justificou o presidente da Assembléia Legislativa, Sérgio Zambiasi, que entregou as medalhas aos homenageados. Também durante a cerimônia de ontem, realizada no auditório Dante Barone da AL, a diretoria da Agert entregou medalhas a 15 personalidades que contribuíram para o desenvolvimento do rádio no Rio Grande do Sul. A homenagem é referente aos 40 anos de criação da entidade. O presidente da Agert, Paulo Sérgio Pinto, lembrou que a medalha é uma forma de relembrar grandes nomes da nossa história. 'Oficializamos o trabalho de algumas pessoas que estiveram, e estão, ao lado da radiodifusão gaúcha', acrescentou. Entre os homenageados estavam a deputada Maria do Carmo Bueno, o presidente da Associação Riograndense de Imprensa (ARI), Erci Torma, e Sérgio Zambiasi.

Após a entrega dos prêmios, os convidados puderam acompanhar um show retratando grandes momentos da trajetória do rádio, como os lendários boletins do Repórter Esso e artistas como Lupicínio Rodrigues, Carmem Miranda e Pixinguinha.



Correio do Povo
Porto Alegre - RS - Brasil