CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, SÁBADO, 22 DE NOVEMBRO DE 2003

Câmara homenageia cultura negra
Primeiro senador negro gaúcho e músico receberam o prêmio Quilombo dos Palmares ontem




07CAMARA.jpg Paim (E) e Giba Giba (D) com o vereador Carrion


O senador Paulo Renato Paim e o músico Gilberto Amaro do Nascimento, o Giba Giba, receberam, no final da tarde de ontem, o Prêmio Quilombo dos Palmares, na Câmara Municipal de Porto Alegre, pelas atuações nas áreas política e social e artística e cultural respectivamente. Ao propor o prêmio a Paim e Giba Giba, o vereador Raul Carrion (PC do B), além de fazer um tributo aos afro-descendentes, oportunizou o reconhecimento da sociedade à dupla gaúcha.

Natural de Caxias do Sul, Paim, primeiro senador negro gaúcho, começou a trabalhar aos 8 anos, formando-se operário metalúrgico pelo Senai. Carrion destacou que como operário, metalúrgico e negro, o político teve que superar todo tipo de preconceito e de dificuldades na sua trajetória de lutas, marcada pela defesa dos trabalhadores, servidores públicos, aposentados, pensionistas, negros e todos que, de alguma forma, são discriminados pela sociedade.

Quanto a Giba Giba, Carrion enfatizou a dedicação do pelotense à cultura, à música e às questões políticas. Autor de clássicos da música popular negra como 'Feitoria', 'Lugarejo' e 'Tassy', o músico reintroduziu o sopapo, instrumento de percussão do folclore afro-gaúcho. Giba Giba foi um dos fundadores e presidente da escola de samba Praiana. Para ele, a cultura 'é a raiz de todos os processos de seqüência das relações das sociedades em todos os pontos do planeta'.



Correio do Povo
Porto Alegre - RS - Brasil