CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, DOMINGO, 18 DE FEVEREIRO DE 2007
Perfil das escolas de samba

PROTEGIDOS - Representada pelas cores verde, vermelho e branco, foii fundada em 24 de novembro de 1969. No entanto, só em 1993 a representante de Novo Hamburgo passou a desfilar em Porto Alegre. A escola, que adotou o mesmo símbolo do teatro - máscaras que representam a alegria e a tristeza - luta por um 'lugar ao sol'. Obteve uma vaga na extinta Categoria A, em 2003, onde se manteve até 2006.

SAMBA PURO - Traduz a cultura tipicamente popular do seu reduto: a vila Conceição. Mostra o samba de raiz, em desfiles marcados pela garra. Fundada em 30 de abril de 1984, é simbolizada pelo pandeiro sobre a mão que faz vibrar as platinelas. Na quadra da azul, amarelo e branco, o 3º lugar de 2004 ainda é comemorado. Teve sabor de vitória para a escola, que estreou entre as melhores em 2003 e que voltou para junto das medianas, em 2005. Com as novas regras, conquistou o direito de retornar ao Especial.

FIDALGOS - Fundada em 7 de setembro de 1950, originalmente nas cores azul e branco, adotou o verde e o vermelho para se diferenciar dos Bambas da Orgia. A Fidalgos e Aristocratas, que tem como símbolo uma cartola e um casal de mestre-sala e porta-bandeira, já passou por maus momentos. Em 1997 caiu para a extinta Categoria B e, em 2000, para o antigo Grupo de Acesso. O susto serviu de lição. Em 2004, voltou a desfilar na A.

GRAVATAÍ - A Acadêmicos de Gravataí, simbolizada pela onça negra, desfila na Capital desde 93. Teve rápida ascensão, figurando no Grupo Especial por três vezes e caiu em 2001. Criada em 26 de fevereiro de 1961, tem as cores vermelho, preto e branco.

NITERÓI - Fundada em 4 de abril de 1998, a Acadêmicos de Niterói não tem motivos para reclamar de 2006. Foi campeã do Carnaval de Canoas - cidade que representa - e ainda conquistou o direito de desfilar entre as grandes escolas da Capital. Representada pela cores azul, vermelho e branco, tem uma coruja com chapéu e um canudo de formatura como símbolo.

IMPÉRIO DO SOL - A representante de São Leopoldo, fundada em 20 de fevereiro de 1988, estreou em Porto Alegre em 1994. Três anos depois, ganhou uma vaga no extinto Grupo B, de onde saiu no ano seguinte, ficando no Grupo A até 2003, quando venceu. Sua passagem pelo Especial foi breve. Tem como símbolo a coroa real gravada sobre o sol dourado. Verde, vermelho, amarelo e branco são suas cores.

CANDINHA - Campeã da extinta Categoria B em 2006, a Filhos da Candinha volta ao Grupo Especial este ano. Um condor de dupla cabeça simboliza a escola, fundada em 26 de novembro de 1980. As cores verde e amarelo-ouro, com tons prateados, colorem os seus desfiles no complexo Porto Seco.

EMBAIXADORES - Tendo como símbolo a cartola e a bengala, foi fundada em 11 de fevereiro de 1950. Seu estandarte tem as cores bordô e branco. O vice-campeonato na extinta Categoria B, no Carnaval de 2006, foi o passaporte para o Grupo Especial, onde irá se apresentar neste ano.


Correio do Povo
Porto Alegre - RS - Brasil