CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2007

Bambas da Orgia é campeã mais uma vez
Escola mais antiga de Porto Alegre, a azul e branco comemora hoje seu 17º título na história no Carnaval oficial da Capital




14BAMBAS.jpg A disposição dos bambistas na avenida foi um dos pontos altos do desfile nota 10 em todos os quesitos


Bambas da Orgia ganhou o Carnaval de Porto Alegre, em um ano em que a apuração foi rápida, sem confusões e que a coordenação seguiu o bom senso e anunciou primeiro a campeã do Grupo Especial. Pelo regulamento, são descartadas as notas mais alta e a mais baixa de cada quesito. Bambas só tirou um 97,7 no quesito evolução. Com o descarte, ganhou o título com pontuação máxima de 160 pontos. A vice-campeã é a Império da Zona Norte, pelo segundo ano consecutivo; seguida da União da Vila do IAPI.

Campeã de 2006, a Restinga não conseguiu o tri, enquanto a Imperadores do Samba decepcionou sua torcida e ficou em oitavo lugar, com 156,9. Uma das reclamações deste ano desaparecerá em 2008. As sete primeiras colocadas desfilam no sábado e as outras oito no domingo. Desta forma, escolas tradicionais como Imperadores, Praiana e Imperatriz Dona Leopoldina deixam a noite principal e se juntam a Protegidos da Princesa Isabel, Acadêmicos de Niterói, Embaixadores do Ritmo, Samba Puro e Acadêmicos da Orgia (a campeã do Grupo de Acesso).

Ao contrário dos dirigentes dos Bambas da Orgia, que explodiram em alegria no Porto Seco, as rebaixadas, Fidalgos e Aristocratas e Filhos da Candinha, lamentaram a queda para o Grupo de Acesso em 2008.

Já a Copacabana, a Unidos de Guajuviras (de Canoas) e a Jardim Planalto (de Esteio) estão fora do Carnaval no próximo ano. A primeira foi desclassificada, por protestar na avenida, e as outras duas ficaram com os últimos lugares na pontuação final.




Correio do Povo
Porto Alegre - RS - Brasil