CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 5 DE OUTUBRO DE 2006

Morreu 'avó' de carnavalescos




03MORREU.jpg Tia Regina


Tia Regina, 'avó' dos carnavalescos da Capital, morreu ontem, no Hospital Beneficência Portuguesa, vítima de parada cardíaca. Ela foi hospitalizada dia 7 de setembro, ao término da festa do 56º aniversário da Sociedade Recreativa Cultural Beneficente Fidalgos e Aristocratas, da qual era presidente havia 12 anos. Maria Regina Borges Pinto tinha 78 anos, dos quais 56 dedicados ao Carnaval. Tia Regina abriu espaço para as mulheres na folia. Nos anos 50, os homens diziam que o regulamento não permita as comprometidas na avenida. Casada com José Borges Pinto, ela mentia para integrar o Aí Vem a Marinha. O bloco foi desfeito e o marido a convidou para a Fidalgos, contando que a proibição 'era história'. Tio Borges e Tia Regina se tornaram fundamentais para a continuidade da escola.

Por sua devoção à comunidade carnavalesca, foi homenageada com a Medalha de Porto Alegre por ocasião dos 231 anos da Capital, agraciada como Cidadã Samba em 1999 e como melhor presidente em 2001. O sepultamento será na manhã de hoje, no Jardim da Paz.




Correio do Povo
Porto Alegre - RS - Brasil