CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, 20 DE FEVEREIRO DE 2009
 
Começa disputa no Porto Seco
Com temas variados, passando da ficção à atualidade, as 14 escolas de samba que integram o Grupo Especial prometem empenho na disputa pelo título. Sete delas desfilam hoje na Capital
 

O Brasil para a partir de hoje e se dedicar ao Carnaval. Na noite desta sexta-feira, sete das 14 escolas de samba que integram o Grupo Especial de Porto Alegre abrem o desfile no Complexo Cultural Porto Seco. Com temas diferenciados, prometem muita garra e disposição para levar o título deste ano. Em uma disputa que vem se tornando mais equilibrada a cada ano, a campeã do Grupo de Acesso em 2008, Unidos do Capão, abre a festa homenageando o meio rural, com o tema 'O rei da América. Da origem ao Freio de Ouro, meu cavalo paixão é crioulo!'. Em seguida, a Estado Maior da Restinga promete 'arquitetar' amor na avenida, interpretando 'Os 100 anos de vida e obra de Oscar Niemeyer'.
A Embaixadores do Ritmo dará um 'banho' de alegria no Porto Seco. Os carnavalescos e ritmistas apresentarão as comemorações em que a taça se faz necessária, com destaque para o réveillon e o futebol. Medo do escuro, bruxaria, assombração, sapo e cobra integram o tema que a Protegidos da Princesa Isabel escolheu para este Carnaval. Ao retratar as fobias que atormentam a vida das pessoas, os integrantes da escola entrarão na avenida cantando 'Ai credo em cruz! Me assustei. Sai pra lá, sai pra lá!'. Depois de amargar um 13º lugar no Carnaval passado, a Imperadores do Samba – uma das mais tradicionais de Porto Alegre – promete uma dupla festa em vermelho e branco para o público. Além de antecipar as comemorações do centenário do Sport Club Internacional, a escola vai festejar seus 50 anos. Com o tema '150 anos de história, vermelho e branco, uma só paixão', garante que está preparada para dar a volta por cima e levar o título do Especial. A Acadêmicos de Niterói, por sua vez, buscou sua inspiração em uma noite de gala em um teatro de Milão, na Itália. E, por conta disso, promete executar uma ópera no Porto Seco, ao retratar 'O Guarani', de Carlos Gomes.
Aos moldes do que aconteceu em 2008, a Acadêmicos da Orgia encerra a primeira noite do Grupo Especial, já no amanhecer de sábado. A verde-e-branco fará uma declaração de amor à cidade de Uruguaiana. Não faltarão brilho e colorido nas fantasias e nas alegorias para retratar um tema histórico e fronteiriço. Durante a apresentação, os integrantes da escola vão destacar o já tradicional Carnaval de março; os políticos e artistas da região; e a Califórnia da Canção.


 

Estado Maior da Restinga destacará vida e obra de Oscar Niemeyer com uma apresentação ousada