CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, 1 DE FEVEREIRO DE 2008

Especial abre a folia na Capital
Oito grandes escolas de samba abrem hoje o Carnaval de Rua de Porto Alegre. Abordando temas variados, as entidades desejam encantar o público e também conquistar valiosos pontos




O Brasil pára a partir de hoje para brincar o Carnaval. As escolas carnavalescas de Porto Alegre começam a se apresentar nesta noite no Complexo Cultural do Porto Seco. Oito escolas de samba abrem a competição da Categoria Especial. Ao contrário de 2007, quando os desfiles ocorreram no sábado e domingo, neste ano a abertura foi antecipada para driblar a coincidência com a Festa de Navegantes e garantir maior público. A abertura promete ser em grande estilo. Nada menos que Imperadores do Samba - uma das mais tradicionais de Porto Alegre - abrirá o desfile com uma homenagem a Xangô, o orixá da Justiça, com o tema 'Olurifan, de Rei a Mendigo, o Rei Negro que recebeu seu trono dos Imperadores'. Através do samba, a Acadêmicos de Niterói pretende levar público e desfilantes para uma viagem à terra da Torre Eiffel. Tudo isso interpretando 'Viens Mon Amour com nosso samba conhecer a França'.

A Embaixadores do Ritmo destacará os educadores. Se o samba se aprende nas escolas (de samba), a entidade das cores bordô e prata vestirá guarda-pó e usará giz para dar aula na avenida. Nesta primeira noite, a Praiana quer dar um show de sensualidade. A verde-e-rosa falará de Cabaré e Moulin Rouge, para contar uma história de fantasia, sedução, amor e paixão, na avenida. Para tanto, a escola promete não economizar em beleza em seu desfile.

Mas há quem aposte em um menestrel na busca pela vitória. A Imperatriz Dona Leopoldina renderá homenagens ao bom malandro da Vila Isabel carioca. Nada menos que Martinho da Vila. Do Catete ao Morro de Mangueira, centenário de Cartola, é o tema da Academia de Samba Puro. Para retratar o divino mestre da cadência, pretende resgatar o samba de raiz.

A Protegidos da Princesa Isabel optou pela ousadia como ingrediente para encantar o público. Levará hábeis trapezistas e insolentes palhaços para retratar a energia do Cirque du Soleil. A representante de Novo Hamburgo pretende transformar o Porto Seco em um picadeiro. Já ao amanhecer de sábado, os carnavalescos e ritmistas da Acadêmicos da Orgia desfilarão com um duplo propósito. Além de comemorar os 48 anos, prometem abusar do brilho e do colorido para embalar o público no fantástico mundo dos sonhos.




Correio do Povo
Porto Alegre - RS - Brasil