Correio do Povo | Notícias | Kevin Spacey é alvo de mais uma denúncia de abuso sexual

Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

  • 22/08/2018
  • 23:50
  • Atualização: 23:51

Kevin Spacey é alvo de mais uma denúncia de abuso sexual

Promotoria não deu detalhes sobre esta nova acusação

Kevin Spacey é alvo de mais uma denúncia de abuso sexual | Foto: Nicholas Kamm / AFP / CP

Kevin Spacey é alvo de mais uma denúncia de abuso sexual | Foto: Nicholas Kamm / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

A Promotoria de Los Angeles recebeu uma segunda denúncia de agressão sexual contra o ator Kevin Spacey, caído em desgraça por outras múltiplas acusações de abuso. "Um caso de agressão sexual foi apresentado ontem (terça-feira) em nosso gabinete pelo xerife do condado de Los Angeles e envolve Kevin Spacey. Está sendo analisado", informou nesta quarta-feira à AFP Greg Risling, porta-voz da Promotoria.

Em abril, outra investigação foi aberta em Los Angeles após denúncia sobre uma suposta agressão de Spacey, em 1992, contra um homem. Risling não deu detalhes sobre esta nova denúncia ou a situação da anterior. Duas vezes ganhador do Oscar, Spacey, 58 anos, foi alvo de uma dúzia de denúncias de assédio sexual no rastro do movimento #MeToo, deflagrado com a queda em desgraça do então poderoso produtor de Hollywood Harvey Weinstein. Há investigações contra o ator em Londres - onde dirigiu o The Old Vic Theatre entre 2004 e 2015 -, Los Angeles e Nantucket, um balneário perto de Boston.

A primeira denúncia partiu do ator Anthony Rapp, 46 anos, que afirma ter sido abusado sexualmente por Spacey quando tinha 14 anos, em 1986. Em consequência das primeiras acusações de abuso, Spacey foi despedido em novembro da série "House of Cards", e eliminado das cenas do último filme de Ridley Scott, "Todo o dinheiro do mundo", onde foi substituído por Christopher Plummer.

O último filme de Kevin Spacey, "Billionaire Boys Club", um drama baseado em uma história real, no qual contracena com Ansel Taron ("Em Ritmo de Fuga") e Taron Egerton ("Kigsman: serviço secreto"), estreou na sexta-feira passada em 11 cinemas dos Estados Unidos com uma arrecadação de apenas 126 dólares e fechou o domingo com US$ 618.