Correio do Povo | Notícias | Polícia britânica pede que ingleses tenham prudência ao mostrar bandeira na Copa do Mundo

Porto Alegre

16ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 18 de Julho de 2018

Copa do Mundo
  • 16/05/2018
  • 13:45
  • Atualização: 13:48

Polícia britânica pede que ingleses tenham prudência ao mostrar bandeira na Copa do Mundo

Relações diplomáticas entre Moscou e Londres pioraram nos últimos meses

Polícia britânica pede que ingleses tenham prudência ao mostrar bandeira  | Foto: Leon Neal / AFP / CP

Polícia britânica pede que ingleses tenham prudência ao mostrar bandeira | Foto: Leon Neal / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

A polícia britânica alertou nesta quarta-feira aos torcedores ingleses que viajem à Rússia para a Copa do Mundo que tenham prudência na hora de mostrar a bandeira do país, já que pode ser considerada como "hostil", "imperialista" e desencadear incidentes. "Acho que as pessoas devem ser muito prudentes com as bandeiras. Pode parecer imperialista e hostil", declarou ao jornal The Times, Mark Roberts, responsável pelas operações de futebol na NPCC, organismo de coordenação das polícias britânicas. "Pedimos para que as pessoas tenham prudência na hora de mostrar a bandeira em público", disse.

Durante a Eurocopa 2016, os torcedores russos atacaram ingleses em Marselha. Depois publicaram nas redes sociais dezenas de bandeiras inglesas "capturadas". Roberts pediu que os torcedores tenham atenção especial em Volgogrado, onde a Inglaterra encara a Tunísia em sua estreia no dia 18 de junho. Cerca de 10.000 torcedores ingleses devem viajar à Rússia para o Mundial, disputado entre os dias 14 de junho e 15 de julho.

As relações diplomáticas entre Moscou e Londres pioraram nos últimos meses, depois do ex-espião russo Serguei Skripal e sua filha serem envenenados em Salisbury no dia 4 de março, ação que os britânicos acusam os russos de terem praticado. Isso provocou a expulsão de diplomatas russos por autoridades britânicas e o anúncio de que o Reino Unido não vai enviar uma delegação oficial para o Mundial russo.