Correio do Povo | Notícias | Com gols de Neymar e Firmino, Brasil vence a Croácia

Porto Alegre

13ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

  • 03/06/2018
  • 12:29
  • Atualização: 14:37

Com gols de Neymar e Firmino, Brasil vence a Croácia

Neymar entrou no segundo tempo e abriu o placar

Em seu primeiro jogo após lesão, Neymar marca para o Brasil | Foto: Oli Scarff / AFP / CP

Em seu primeiro jogo após lesão, Neymar marca para o Brasil | Foto: Oli Scarff / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

A volta em alto nível de Neymar foi uma ótima notícia para a seleção do técnico Tite, numa partida em que o Brasil sofreu para criar no primeiro tempo sem seu maior craque, quando a Croácia apostou numa marcação adiantada e agressiva e chegou a dominar o jogo. Na segunda etapa, já com o camisa 10 do Paris Saint-Germain em campo e Philippe Coutinho centralizado, o talento brasileiro fez a diferença. Antes da estreia na Copa do Mundo da Rússia, no dia 17 de junho contra a Suíça, Tite ainda terá um amistoso para dar ritmo de jogo a Neymar, contra a Áustria no dia 10. O Brasil integra o Grupo E da Copa da Rússia, ao lado de Suíça, Costa Rica e Sérvia. -

Croácia mostra qualidade

Repleta de jogadores que atuam nos melhores clubes do mundo, como Luka Modric (Real Madrid) e Ivan Rakitic (Barcelona), a Croácia aproveitou a ausência de Neymar nos primeiros 45 minutos de jogo para pressionar o Brasil, que encontrou enorme dificuldade para criar jogadas de perigo. Sem seu principal jogador, Tite optou por entrar em campo com uma formação mais defensiva, que já tinha testado com sucesso no amistoso de março contra a Alemanha (1-0), apostando na força de marcação do trio de volantes Casemiro-Fernandinho-Paulinho. Mas, ao contrário do duelo contra os atuais campeões do mundo, os atacantes Willian, Coutinho e Gabriel Jesus sofreram para participar do jogo, sempre muito isolados dos companheiros quando recebiam a bola, geralmente na ligação direta, e não assustaram o gol de Subasic no primeiro tempo.

Já a Croácia do técnico Zlatko Dalic mostrou enorme disposição para marcar a saída de bola brasileira e teve boas chances de inaugurar o placar. Na melhor delas, o zagueiro Lovren subiu mais que a defesa brasileira e acertou forte cabeçada que passou rente à trave de Alisson, aos 12 minutos.

Neymar muda o jogo

Como havia prometido, Tite fez a Seleção voltar a campo para o segundo tempo com Neymar no lugar de Fernandinho. E o craque do PSG não decepcionou o bom público presente em Anfield. Aberto como de costume pela ponta esquerda, mas com total liberdade para flutuar pelo campo, Neymar deu leveza ao ataque da Seleção e, ajudado por Coutinho, agora mais centralizado, e Willian, transformou a partida num monólogo brasileiro.

Mostrando ótimo entrosamento, os três jogadores mais habilidosos do Brasil participaram do lance do gol. Aos 24 minutos, Willian tocou para Coutinho, que logo lançou Neymar. O craque invadiu a área, driblou três adversários, cortou para dentro e fuzilou o gol de Subasic. A bola ainda bateu no travessão antes de balançar as redes. Um golaço de Neymar em sua primeira partida em três meses, espantando com um forte chute todas as dúvidas sobre sua recuperação, além de mostrar ao mundo do futebol que está apto para liderar o Brasil na Copa. Após celebrar com os companheiros, Neymar fez questão de ir até o banco de reservas e dar um abraço em Rodrigo Lasmar, médico da Seleção e responsável pela cirurgia no pé direito do craque, realizada com sucesso em início de março.

Em desvantagem no placar, a Croácia não teve outra alternativa a não ser atacar em busca do empate, mas encontrou dificuldade para tirar a bola do talentoso time brasileiro. Nos minutos finais, com a vitória praticamente selada, a Seleção fez a festa da torcida do Liverpool que estava presente em Anfield com a entrada do centroavante Roberto Firmino no lugar de Gabriel Jesus. E 'Bobby' Firmino, como é carinhosamente chamado pelos torcedores do Liverpool, não desperdiçou a oportunidade. Nos acréscimos, recebeu lançamento preciso de Casemiro, matou no peito e tocou por cima de Subasic. Em poucos minutos dentro de campo, o atacante, ídolo dos 'Reds' e em grande fase na Inglaterra, mostrou que irá brigar com pela posição de titular da equipe de Tite.


TAGS »