Correio do Povo | Notícias | “Fatos novos” travam contratação do zagueiro Antonini pelo Grêmio

Porto Alegre

15ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

  • 19/07/2018
  • 12:07
  • Atualização: 09:09

“Fatos novos” travam contratação do zagueiro Antonini pelo Grêmio

Tricolor quer acordo com o jovem jogador que divida os “riscos”

Zagueiro Matias Antonini, de 20 anos, está sem contrato, após passar pelo Cagliari | Foto: Reprodução Twitter Matias Antonini Lui / Divulgação / CP

Zagueiro Matias Antonini, de 20 anos, está sem contrato, após passar pelo Cagliari | Foto: Reprodução Twitter Matias Antonini Lui / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O Grêmio negocia o repatriamento do zagueiro Matias Antonini, de 20 anos e 1m91cm, que está sem clube. O jovem defensor foi até os 14 anos atleta da base do clube, quando foi morar na Itália e passou pela Internazionale e pelo Cagliari. Entretanto, a transação foi interrompida por “fatos novos” e terá continuidade a partir desta quinta-feira.

“Nos reunimos, mas não avançamos muito e surgiram fatos novos. O que começou não evoluiu. Ocorreram algumas alterações e esfriou o negócio. Ele já foi jogador do Grêmio e temos uma avaliação muito interessante das categorias de base. Tem uma cultura formada na Itália e tem ótimas recomendações. O potencial dele é ótimo. Então, o Grêmio trabalha a possibilidade de termos ele conosco”, afirmou o presidente Romildo Bolzan.

A modelagem que o Tricolor planeja para o negócio é não ter custo para a contratação e dividir os lucros em uma possível venda no futuro. “Uma coisa é corrermos a situação de repatriamento do jogador juntos. Correndo os riscos juntos. Ele sabe os parâmetros que o Grêmio fixou para o negócio e não vamos fugir muito disso. Temos que apostar em conjunto, mas não podemos fazer loucuras”, destacou o tricampeão da América.

Romildo Bolzan falou ainda sobre a concretização do negócio Arthur, como o clube pretende usar os valores arrecadados e sobre o momento financeiro do Tricolor. “O Grêmio superou em muito a perspectiva de receita que fica em R$ 60 milhões. O que temos um planejamento administrativo. Futebol é a finalidade do clube. Jogamos para vencer, mas não para ser irresponsáveis. Sabemos o que vamos fazer. Já compramos o Marinho, compramos o André, mantivemos a valorização do plantel, pois queremos permanecer com esse elenco e, talvez, possamos ter mais um ou outro jogador. Posso anunciar (falando com Zanotta)? Ainda não? Deixa para mais adiante”, brincou Romildo.

Ao ser questionado se o reforço poderia ser Antonini, o mandatário mais uma vez deixou no ar a possibilidade. “Pode ser esse...”, se limitou.

Bolzan ainda ressaltou a importância dos valores arrecadados para o futuro do clube. “(Com o dinheiro da venda do Arthur) Vamos priorizar a equalização, a nossa capacidade de investimento e gerir um clube estável e autossuficiente. A grande parte dos recursos do Arthur, será para administrar os encargos financeiros, manter o mês autossustentável e criar uma condição de capacidade de investimento mais adiante, sem perder a competitividade”, afirmou.

O Grêmio volta aos treinamentos nesta quinta-feira, no CT Luiz Carvalho. O próximo compromisso é no domingo, às 16h, contra o Vasco da Gama, no São Januário.