Twitter não opera com base em “ideologia política”, diz CEO

Jim Watson / AFP / CP

O Twitter não opera com base em “ideologia política”, afirmou seu CEO, Jack Dorsey, nesta quarta-feira, em uma declaração no Congresso americano, rejeitando acusações de ser tendencioso contra os conservadores. “O Twitter não utiliza ideologia política na forma como toma as decisões, seja em relação com a classificação do conteúdo do nosso serviço, ou em como aplicamos nossas normas”, frisou Dorsey, de acordo com sua declaração para uma audiência no Comitê de Inteligência do Senado americano.

Ainda segundo Dorsey, o Twitter estava “pouco preparado e mal equipado” para as imensas campanhas de manipulação que afetaram as redes sociais nos últimos anos. Dorsey compareceu à audiência sobre as acusações de ingerência estrangeira nas campanhas eleitorais, por meio das redes sociais, e afirmou que a plataforma foi pensada para ser uma “praça pública”, mas que não foi capaz de administrar os “abusos, o assédio, os exércitos de ‘trolls’, a propaganda dos robôs (contas automáticas)”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *