Correio do Povo | Notícias | Jovem que alegou ser agredida na Cidade Baixa desiste de representar criminalmente

Porto Alegre

16ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de Novembro de 2018

  • 10/10/2018
  • 19:43
  • Atualização: 19:50

Jovem que alegou ser agredida na Cidade Baixa desiste de representar criminalmente

Sem representação, Polícia não irá prosseguir com investigação do caso

Jovem alegou que três homens a agrediram na Cidade Baixa | Foto: Reprodução Facebook / CP

Jovem alegou que três homens a agrediram na Cidade Baixa | Foto: Reprodução Facebook / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O delegado Paulo César Jardim, titular da 1ª DP da Capital, afirmou que está suspensa a investigação do caso em que uma jovem, de 19 anos, teria tido uma suástica desenhada a canivete em sua barriga. Segundo ele, a vítima se negou a representar criminalmente. Com isso, não existe crime e não há como prosseguir a investigação.

O caso teria ocorrido na rua Baronesa do Gravataí, no bairro Cidade Baixa, na última segunda-feira. A jovem chegou a registrar uma ocorrência na Polícia, mas voltou atrás. A vítima teria sido agredida a socos por três homens que a interpelaram após ela descer de um ônibus. Em seguida, foi ferida na barriga com um canivete.