Correio do Povo | Notícias | "Não esperava uma votação tão expressiva", admite tenente coronel Zucco

Porto Alegre

26ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019

  • 07/10/2018
  • 21:59
  • Atualização: 23:11

"Não esperava uma votação tão expressiva", admite tenente coronel Zucco

Deputado estadual mais votado propõe criação de novas escolas militares

Coronel Luciano Zucco foi o deputado estadual mais votado do RS | Foto: Facebook / Reprodução CP

Coronel Luciano Zucco foi o deputado estadual mais votado do RS | Foto: Facebook / Reprodução CP

  • Comentários
  • Amauri Knevitz Jr.

O deputado estadual mais votado da próxima legislatura é um novato na política. O tenente coronel Luciano Zucco (PSL), 44 anos, é ativo no Comando Militar do Sul, divisão que já foi chefiada pelo general Antônio Hamilton Mourão (PRTB), candidato a vice-presidente da República na chapa de Jair Bolsonaro (PSL). Apadrinhado por Mourão e Bolsonaro, Zucco admitiu sua surpresa com os mais de 166 mil votos. “Eu não esperava uma votação tão expressiva”, afirmou, na noite deste domingo.

Zucco atribui o resultado impressionante ao fato de ter sempre falado a verdade com o eleitor e ao desejo do povo gaúcho por “renovação na política”. Além, é claro, da onda Bolsonaro. “O apoio do nosso capitão ajuda muito. Agora quero trabalhar por ele no segundo turno. A eleição dele vai fazer a diferença no nosso estado”, afirma o militar.

Na Assembleia Legislativa, o tenente coronel promete se dedicar a duas áreas prioritárias, a segurança e a educação. Na primeira, deseja fortalecer as polícias e os demais órgãos de segurança pública, como o Instituto Geral de Perícias (IGP), nos quais aponta necessidade de investimentos em equipamentos e efetivo.

Zucco pretende aumentar o número de escolas militares, o que, segundo ele, elevaria o nível do ensino no Rio Grande do Sul. Além disso, se propõe a resgatar a disciplina nas salas de aulas do Estado. “Gostaria muito que as nossas crianças não soubessem só cantar funk, mas conhecessem o Hino Nacional, ficassem em pé diante dos seus professores, esse tipo de coisa”, explica.

"Quero fazer política séria. Com toda minha família, agradeço ao povo gaúcho pela confiança. Vou me dedicar com tudo que posso à segurança e ao ensino", afirmou o mais votado deputado gaúcho.