capa

Ópera "O Quatrilho" volta aos palcos do Rio Grande do Sul

Espetáculo passa por quatro cidades gaúchas nesta semana

Por
Correio do Povo

"O Quatrilho" se apresenta em quatro cidades gaúchas nesta semana

publicidade

A ópera "O Quatrilho" volta aos palcos do Rio Grande do Sul no mês de junho. O espetáculo passa por quatro cidades gaúchas nesta semana. Em Porto Alegre, a apresentação ocorre no domingo, às 16h, no Teatro do Bourbon Country (avenida Túlio Rose, 80), e terá uma sessão extra às 20h no mesmo dia. 

Os ingressos estão disponíveis na bilheteria do Teatro Bourbon Country e no site Uhuu. Os valores são R$ 70 (galerias), R$ 90 (mezanino), R$ 110 (plateia alta) e R$ 130 (plateia baixa). Todos os setores contam com descontos para meia-entrada. 

Construindo a vida no interior gaúcho 

"O Quatrilho" conta a história de dois casais descendentes italianos que constroem suas vidas no interior do Rio Grande do Sul no inicio do século XX.

Com o tempo, a esposa de um passa a se interessar pelo marido da outra, sendo correspondida. Os dois amantes decidem fugir e recomeçar outra vida, deixando para traz seus parceiros, que viverão uma experiência dramática e constrangedora, mas nem por isso desprovida de amor.

Lançado em 1985, o livro "O Quatrilho", de José Clemente Pozenato, tornou-se filme em 1995 sob a direção de Fábio Barreto, e concorreu no ano seguinte ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

A obra também já foi adaptada para os teatros e, em 2018, ganhou sua versão em ópera, com música de Vagner Cunha e libreto de José Clemente Pozenato.

Novidades 

Em sua segunda turnê pelo Estado, a ópera reestreia com novidades. O espetáculo ganhou mais 15 minutos com a inclusão de três novas músicas somadas às outras 29 canções que já faziam parte da apresentação.

As músicas trazem uma nova costura para a obra. "Ao ver o resultado final da ópera, pronta, eu senti que precisávamos humanizar um pouco mais os personagens. O Pozenato já havia feito o trabalho de síntese do livro de forma brilhante, mas sentimos que algumas costuras precisavam ser feitas para conectar os casais de forma mais humanizada, então nos reunimos para adicionar algumas árias", explicou o compositor Vagner Cunha. 

Nas apresentações, com regência do maestro Antonio Carlos Borges-Cunha e direção cênica de Luís Artur Nunes, há 12 músicos da Camerata OntoArte e sete cantores em cena: Carla Maffioletti, Maíra Lautert, Flávio Leite, Daniel Germano, Luciane Bottona, Ricardo Barpp e Pedro Spohr.

Turnê pelo Estado

A turnê de "O Quatrilho" estreia no Estado nesta quarta-feira em Vacaria, na Casa do Povo (rua Borges de Medeiros, 1987), onde os ingressos já estão esgotados. No sábado, a peça chega em Passo Fundo no Teatro Notre Dame (rua Morom, 2255), e encerra a temporada gaúcha em Novo Hamburgo, no Teatro Feevale (Campus II da Universidade Feevale, na ERS 239, 2755), na próxima terça-feira. Para conferir a programação completa da ópera, basta acessar o site Ópera O Quatrilho