Abre venda de ingressos para Carnaval de Porto Alegre 2020
capa

Abre venda de ingressos para Carnaval de Porto Alegre 2020

Festa ocorre nos dias 6 e 7 de março no Complexo Cultural Porto Seco

Por
Christian Bueller

Muitas pessoas se mobilizaram para compra de ingressos para Carnaval de Porto Alegre 2020

publicidade

O Carnaval Porto Alegre 2020 já começou. Começaram, nesta quarta-feira, as vendas dos ingressos para a festa que acontece nos dias 6 e 7 de março, no Complexo Cultural Porto Seco. Uma fila se formou desde de manhã, na avenida Alberto Bins, 410, para aquisição das senhas que levariam até a sede da faculdade Anhaguera Centro, no 4º andar, onde as entradas podem ser compradas até sexta-feira. 

Pela primeira vez, o evento na capital gaúcha será realizado por meio de parceria privada. A programação do Carnaval será viabilizada pela Bah! Entretenimento, mesma produtora de eventos dos carnavais de Cruz Alta, Uruguaiana e Pelotas, município de origem da empresa. 

Com ingressos que vão de R$ 10 (setor popular) a R$ 3 mil (camarotes), a empresa fica com o lucro e a União das Escolas de Samba de Porto Alegre (Uespa) se responsabiliza pelos desfiles. “Acreditamos muito no carnaval de Porto Alegre, que pode voltar a ser o maior do Rio Grande do Sul. Percebemos que tem um público fiel aqui, que vive o samba”, contou um dos executivos da Bah!, Cauê Fuhro Souto. 

A Prefeitura não disponibilizará recursos para a festa. “Este formato de parceria privada é o melhor formato para eventos como este, já que o Poder Público não tem dinheiro para bancar”, acrescentou o produtor. 

Amor ao carnaval

O amor ao carnaval é evidenciado nas histórias de quem vai para a fila atrás de ingresso. É o caso de Eni Ferreira, 82 anos. Há quase 40 anos integrante da escola Imperadores do Samba, não desfile há quatro pelas dificuldades físicas. Mas não perde um desfile. “Minha escola é tudo na vida”, sorriu. 

Eni Ferreira não perde um desfile em Porto Alegre. Foto: Alina Souza 

Pessoas perderam o horário do almoço ou um turno de trabalho. Com cadeira de praia ou almofada enquanto esperam na fila, os foliões aguardam por mais um carnaval. Como Gil Anderlei, 36 anos. Socorrista do Hospital da Ulbra, em Canoas, durante o ano, é diretor de harmonia da Império da Zona Norte, quando o assunto é escola de samba. “Vou comprar ingresso para camarote para minha família”, explicou. 

Depois de 2016, os foliões se depararam com diversas dificuldades para realizar o Carnaval da Capital sem recursos públicos. Em 2019, os desfiles só foram possibilitados pela união das escolas de samba, que então formaram a Uespa. “Estamos com bom volume de compradores, como no ano passado. As pessoas podem pagar até em sete vezes no cartão de crédito”, disse o presidente da entidade carnavalesca, Rodrigo Costa. 

No dia 6 de setembro, ocorre a festa de apresentação do evento e, em 5 de outubro, a escola da Corte do Carnaval. Nos dias 10 de novembro e 7 de dezembro, ainda serão realizadas uma feijoada e um bingo, respectivamente. O contrato com a produtora foi firmado para três anos. “Estamos tão confiantes que não fizemos apenas por um ano”, contou Souto, executivo da Bah! que disponibilizará a estrutura dos camarotes e arquibancadas, luz e som de todo o evento. 

A empresa busca empresas que queiram ser parceiras no Carnaval, não só de Porto Alegre, mas das outras três cidades em que produzem o evento. Interessados podem contatar a produtora pelo telefone (53) 99115-1115.