"Acordou e fez palhaçada com as enfermeiras", diz amiga sobre Claudia Rodrigues

"Acordou e fez palhaçada com as enfermeiras", diz amiga sobre Claudia Rodrigues

Atriz enfrenta esclerose múltipla desde 2006

AE

publicidade

"Eu não disse que Claudinha ia voltar para nós? Tem que ter fé e acreditar!", escreveu Adriane Bonato nas redes sociais nessa quinta-feira, comemorando a melhora no estado de saúde da atriz. A empresária e amiga acompanha a situação de Claudia Rodrigues de perto desde o início. A atriz enfrenta as consequências da esclerose múltipla desde 2006.

"Hoje (quinta) ela acordou muito bem e animada, começou a fazer palhaçadas com as enfermeiras, está se mexendo bem, só não anda. Comeu bem ontem, almoçou e jantou e hoje pediu para comer um espaguete à bolonhesa. Mas ainda está na UTI", informou a amiga.

Um dia antes, Adriane Bonato foi internada após passar mal na madrugada. Ela sentiu fortes dores no peito e teve oscilações de pressão, precisando ficar em observação e passar por exames, portanto, afastando-se de Claudia. "Fui internada aqui no hospital com suspeita de infarto, pois tive fortes dores no peito. Fiz vários exames (eletrocardiograma, ecocardiograma, ultrassom, hemograma completo), depois fui medicada e fiquei em observação o dia todo. A noite, quando estava melhor, me liberaram para voltar para a UTI cuidar da Claudinha", escreveu Adriane no Instagram.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Queridos fãs, amigos, familiares e a todos da imprensa, primeiramente quero agradecer todas as manifestações de carinho e orações que eu e a Claudinha Rodrigues estamos recebendo de todos vcs. GRATIDÃO ETERNA! Hoje, ela acordou muito bem e animada, começou a fazer palhaçadas com as enfermeiras, está se mexendo bem, só ainda não anda. Comeu bem ontem, almoçou e jantou e hoje pediu para comer um espaguete à bolonhesa. Mas ainda está na UTI! Quanto a mim, na madrugada de anteontem fui internada aqui no hospital, com suspeita de infarto, pois tive fortes dores no peito, minha pressão que é 9x5 normalmente, foi a 13x10 e despencou para 6x2. Fiz vários exames, (eletrocardiograma, ecocardiograma, ultrasom, hemograma completo), depois fui medicada e fiquei em observação o dia todo, a noite quando estava melhor, me liberaram, para voltar para UTI cuidar da Claudinha. Acho que o que aconteceu está relacionado a síndrome de Bournot. No tempo que fiquei internada, a Amanda, uma amiga que trabalha na hospitalidade do EISTEIN, ficou com ela. Por isso venho pedir que continuem orando por mim e pela recuperação dela, para que volte a andar e saia da UTI o mais breve possível. O segredo é por nas mãos de Deus, ter fé e orar, aí a graça vêm! Eu não disse que a Claudinha ia voltar pra nós? Tem que ter fé e acreditar! ELA VOLTOUUUUUUUUUUU!!! Será que tem alguém AINDA que não acredita que Deus existe e faz milagres na vida das pessoas? ELA É UM MILAGRE DE DEUS!

Uma publicação compartilhada por Adriane Bonato Oficial (@adriane_bonato_oficial) em

A empresária informou que sofre com Síndrome de Burnout. A esclerose múltipla, doença que atinge Claudia Rodrigues, causa fadiga crônica e perda dos movimentos. A enfermidade afeta 2,5 milhões de pessoas em todo o planeta, de acordo com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS). 


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895