Alec Baldwin terá que entregar celular para a polícia investigar

Alec Baldwin terá que entregar celular para a polícia investigar

Ator, de 63 anos, recebeu um mandado de apreensão de seu aparelho no caso do disparo acidental que matou Halyna Hutchins

R7

Investigações do caso do disparo no set de filmagens de "Rust" continuam

publicidade

Alec Baldwin terá que entregar seu celular para a polícia durante as investigações do disparo acidental que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins no set do filme Rust. 

Segundo o TMZ, o Fepartamento de Polícia de Santa Fé conseguiu que um juíz do Novo México assinasse um mandado de apreensão para o aparelho de Baldwin. 

O site teve acesso a documentos nos quais o astro revela uma troca de e-mails com a armeira Hannah Gutierrez-Reed, nos quais ela mostra a ele diferentes estilos de armas e facas para o filme. Ele diz ter pedido por uma arma maior, e ela mostrou uma Colt antiga. 

Durante o disparo acidental, Baldwin usou uma réplica de uma Colt 45 de 1873.

Em entrevista para a emissora ABC, o ator alegou que não é responsável pela morte de Halyna, mas que não saberia dizer quem é o verdadeiro culpado.

Mesmo dois meses após o caso, a polícia ainda investiga o que de fato teria acontecido no dia do disparo. 

O promotor do caso, no entanto, descarta que a armeira Hannah Gutierrez-Reed tenha sido sabotada, com alguém trocando as munições falsas por verdadeiras de propósito.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895