Angelina Jolie pede reforço de ajuda a refugiados sírios

Angelina Jolie pede reforço de ajuda a refugiados sírios

Atriz visitou campo de refugiados jordaniano de Zaatari

AFP

Angelina Jolie conversou com refugiados no campo jordaniano de Zaatari

publicidade

A atriz americana Angelina Jolie, de 37 anos, pediu nesta quarta-feira mais um reforço na ajuda aos refugiados sírios afetados pela "maior crise humanitária do século XXI", durante visita ao campo de refugiados jordaniano de Zaatari. "No fim do ano, metade da população síria - 10 milhões de pessoas - estará deslocada ou precisará de ajuda urgente", declarou a artista em comunicado oficial da agência da ONU.

Jolie é embaixadora da boa vontade do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). Na véspera do Dia Mundial dos Refugiados, a atriz também pediu "mais ajuda para o povo sírio e uma solução política ao conflito", completa o texto.

Segundo a ONU, mais de 1,5 milhão de sírios buscaram refúgio nos países vizinhos da Síria, abalado desde março de 2011 por uma revolta popular que virou uma guerra civil. A violência na Síria deixou mais de 93 mil mortos, segundo a ONU. A Jordânia declara abrigar mais de 540 mil refugiados sírios, dos quais 150 mil no campo de Zaatari, norte do reino de fronteira com a Síria.

Bookmark and Share

publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895