Ator Edgar Castro encena "Dezuó, breviário das águas"

Ator Edgar Castro encena "Dezuó, breviário das águas"

A peça foi escrita a partir da inserção do autor, que é paraense, e do Núcleo Macabéa em vilas ribeirinhas do alto rio Tapajós, no oeste do Pará

Correio do Povo

Ator Edgar Castro apresenta o monólogo "Dezuó, breviário das águas"

publicidade

Neste domingo, o "Teatro#EmCasaComSesc" recebe Edgar Castro, às 19h, com transmissão ao vivo pelo Instagram e YouTube do Sesc. Direto de São Paulo, o ator apresenta "Dezuó, breviário das águas", com texto de Rudinei Borges e direção de Patricia Gifford. A peça foi escrita a partir da inserção do autor, que é paraense, e do Núcleo Macabéa em vilas ribeirinhas do alto rio Tapajós, no oeste do Pará. Dentro de uma canoa, Dezuó, um velho ribeirinho amazônida, rema em direção ao que restou de seu vilarejo natal. Todo o povoado está submerso; inundado após a construção de uma usina hidrelétrica, mas ainda é possível avistar o cruzeiro da pequena capela de sua comunidade. Ali, sobre sua antiga morada, ele rememora o trajeto de expulsão de sua gente. Ao deparar-se consigo mesmo, reencontra o menino antigo que conversava com a mãe, insurgente contra o que sucedeu aos seus. As lembranças aparecem, ora como oração em voz alta, ora como narrativa afável, rude e atroz. Após a apresentação, acontece um bate-papo com Edgar, Rudinei e Patrícia.


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895