Ator Peter Fonda morre em Los Angeles aos 79 anos
capa

Ator Peter Fonda morre em Los Angeles aos 79 anos

Artista sofreu parada respiratória provocada por um câncer de pulmão

Por
AFP e Correio do Povo

Ator ficou famoso com papel de motociclista no filme "Sem destino", de 1969

publicidade

O ator americano Peter Fonda, famoso por seu papel de motociclista no filme cult "Sem destino" ("Easy Rider", de 1969), cujo roteiro ele também assinou, morreu na manhã desta sexta-feira (16), aos 79 anos, em decorrência de um câncer no pulmão. Fonda faleceu em casa, em Los Angeles, cercado pelo pelos parentes, informou o agente do artista.

"Enquanto lamentamos a perda deste homem doce e gracioso, também desejamos que todos celebrem seu espírito indomável e amor à vida", destaca o comunicado. "Em homenagem a Peter, por favor, faça um brinde à liberdade".

Filho da lenda de Hollywood Henry Fonda e irmão mais novo da atriz Jane Fonda, Peter morreu de parada respiratória provocada por um câncer de pulmão. Ele co-roteirizou e produziu "Sem Destino", no qual divide a tela com o diretor do filme Dennis Hopper e um jovem Jack Nicholson.

O filme de enorme sucesso tornou-se um clássico cult anti-establishment, e rendeu a Fonda uma indicação ao Oscar de Melhor Roteiro Original. A obra é apontada como um marco da contracultura e da produção independente.

"'Sem Destino' retratou a ascensão da cultura hippie, condenou o establishment e celebrou a liberdade. Peter Fonda incorporou esses valores e os incutiu numa geração", escreveu a atriz Illeana Douglas no Twitter. "O cinema independente começou com 'Sem Destino'", acrescentou.

Fonda interpretou no filme um motoqueiro - um papel de anti-herói que ele repetiu muitas vezes na carreira. Ele foi indicado novamente ao Oscar cerca de trinta anos depois, como melhor ator por "O Ouro de Ulisses" (1997), mas a estatueta ficou com Nicholson.

Fonda começou a carreira em Nova York, em um teatro da Broadway  Ele também se envolveu com a causa ambientalista, ao co-produzir em 2012 o documentário "Petróleo: O Grande Vício", sobre as consequências do grande derramamento de óleo da empresa britânica BP no Golfo do México.

Fonda foi casado três vezes e deixa dois filhos, um deles a atriz Bridget Fonda.