Baseado em obra de Henry James, "Órfãos" chega aos cinemas hoje
capa

Baseado em obra de Henry James, "Órfãos" chega aos cinemas hoje

Filme tem direção de Floria Sigismondi, a mesma de "The Handmaid's Tale"

Por
Correio do Povo

Filme tem no elenco Finn Wolfhard, de “Stranger Things”


publicidade

Não se trata de um terror fácil mas, os sustos também estão garantidos em “Órfãos”, filme dirigido por Floria Sigismondi (a mesma de “The Handmaid’s Tale” e “American Gods”), que estreia hoje nos cinemas. Com um orçamento de 6 milhões de dólares, a produção traz Mackenzie Davis (a garota já vista em “Exterminador do Futuro − Destino Sombrio” e em “Blade Runner 2049”), no papel da babá Kate, que decide deixar de dar aula em uma escola para assumir a educação de uma menina órfã.

Por isso, ela viaja para uma propriedade na zona rural dos EUA – uma casa que guarda segredos sombrios e onde nada é o que aparenta ser. Junto à menina em questão estão seu irmão e uma governanta que acompanha a família há vários anos. Os órfãos são vividos por Brooklynn Prince, de “Projeto Flórida”, e Finn Wolfhard, de “Stranger Things”. 

O longa é baseado no livro “A Volta do Parafuso”, um thriller psicológico de altíssima qualidade literária, escrito por Henry James, autor norte-americano naturalizado britânico. Uma das principais figuras do realismo na literatura do século XIX, James apresenta no original, “A Volta do Parafuso”, aquela linguagem que lhe é característica, e que pode soar excessivamente rebuscada.

Suspense com propensão ao terror

Autor de alguns dos romances, contos e críticas literárias mais importantes da literatura de língua inglesa, ele constrói a estória da jovem mulher que consegue o emprego como preceptora de duas crianças aparentemente belas e inocentes. A menina Flora e o menino Miles são, inicialmente, ingênuos, charmosos e encantadores. Cativam de cara. No entanto, aos poucos, começa-se a ver um lado peculiar dessas crianças.

O contexto em que a narrativa se desenrola também contribui para criar uma atmosfera de suspense com propensão ao terror. A propriedade da família é extensa e assustadora com uma névoa que acompanha os momentos mais tensos e alimenta um tom melancólico. Da mesma forma, do interior da casa, antiga e repleta de cômodos, surge um labirinto de possibilidades e emoções. São quase duas horas de tensão.

Confira com mais detalhes as estreias desta quinta-feira: