Brasil tem pré-indicações ao Prêmio Platino

Brasil tem pré-indicações ao Prêmio Platino

"Três Verões", de Sandra Kogut, estrelado por Regina Casé, lidera a pré-indicações do Brasil nos Prêmios Platino 2021

Marcos Santuario

O longa-metragem “Três Verões” lidera as pré-indicações brasileiras

publicidade

Já tradicional no universo de premiações mundiais do cinema e da televisão, o Prêmios Platino de Cinema Ibero-americano divulgou a lista dos pré indicados para a festa deste ano. Entre eles está o longa-metragem “Três Verões”, de Sandra Kogut, estrelado por Regina Casé, que lidera as pré-indicações brasileiras para a oitava edição do evento em sete categorias: melhor filme, diretor, atriz, ator coadjuvante (Otávio Muller), música original, roteiro e edição. Na lista dos brasileiros pré-indicados está ainda  “Fim de Festa”, de Hilton Lacerda, nas categorias melhor filme, diretor, ator (Irandhir Santos), roteiro e edição; “Boca de Ouro”, de Daniel Filho:  ator (Marcos Palmeira), ator coadjuvante (Silvio Guindane), atriz coadjuvante (Lorena Comparato), fotografia; “Pacarrete”, de Allan Deberton, melhor filme de estreia, atriz (Marcelia Cartaxo), atriz coadjuvante (Zezita Matos), direção de arte; “Macabro”, de Marcos Prado: melhor filme, fotografia, edição de som, música original, direção de arte.

Já na categoria Minisséries, “Bom Dia, Verônica” lidera com quatro pré-indicações: melhor minissérie, ator (Eduardo Moscovis), atriz coadjuvante (Camila Morgado) e Raphael Montes, indicado para uma nova categoria, “Criador de Séries”.  Este ano, os Prêmios Platino também passam a reconhecer o trabalho dos atores e atrizes coadjuvantes em minisséries. E três produções brasileiras estão pré-indicadas para melhor documentário: “Adoniran, meu nome é João Rubinato”, de Pedro Serrano; “Babenco - Alguém tem que ouvir o coração e dizer: parou”, de Bárbara Paz; e “Dentro da Minha Pele”, de Toni Venturi e Val Gomes. No universo da  Animação, os Platino já tiveram participação do animador Otto Guerra entre os indicados em anos anteriores. Nesta edição são três os pré-indicados brasileiros: “O Pergaminho Vermelho”, “Os Under-Undergrounds – o começo”, e “Osmar, a primeira fatia do pão de forma”. Na categoria especial de Educação e Valores, os indicados brasileiros são “Dentro da Minha Pele”, de Toni Venturi e Val Gomes e “Fico te devendo uma carta sobre o Brasil”, de Carol Benjamim.

Os Prêmios Platino do Cinema Ibero-Americano, promovidos pela EGEDA, (Entidad de Géstion de Derechos de los Productores Audiovisuales), com FIPCA (Federación Iberoamericana de Productores Cinematográficos y Audiovisuales) e com o apoio das Academias e Institutos de Cine Ibero-americanos, destacam as produções e criadores mais importantes a cada no, com 22 premiações e um Prêmio de Honra. Com efeito, desde 2014 os Prêmios Platino trabalham pela difusão do cinema e do audiovisual ibero-americano. A edição 2020 não ocorreu de forma presencial, devido à pandemia mas, a 8ª edição está programada para ocorrer presencialmente, no mês de outubro, em um país que será anunciado em breve.

Outras indicações:

“Arcanjo Renegado”: melhor minissérie, atriz (Erika Januza), ator (Flavio Bauraqui)

“Todas as Mulheres do Mundo”: criador de séries (Jorge Furtado), ator (Emílio Dantas), atriz coadjuvante (Martha Nowill)

“Desalma”: atriz minissérie (Cássia Kiss), ator coadjuvante (Bruce Gomlewsky)

“1 Contra Todos”: ator minissérie (Júlio Andrade)


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895