Temporal alaga Sapucaí e atrasa desfiles da Série A no Rio de Janeiro
capa

Temporal alaga Sapucaí e atrasa desfiles da Série A no Rio de Janeiro

Unidos da Ponte começou sua apresentação depois das 23h

Por
Agência Brasil

Nuvens carregadas despejaram grande volume de água na Sapucaí

publicidade

A Unidos da Ponte abriu com atraso, nesta sexta-feira, os desfiles das escolas de samba da Série A do Rio de Janeiro. Por causa de um temporal que caiu poucas horas antes do início das escolas entrarem na avenida, o começo do desfile, previsto para as 22h30, foi transferido para as 23h. Ainda assim a Ponte entrou na avenida cinco minutos mais tarde.

A chuva no Sambódromo está mais branda. Com isso, o público chega nas arquibancadas. Cada escola tem o tempo mínimo de 45 minutos para passar pela avenida e o máximo de 55 minutos. A segunda agremiação que vai se apresentar é a Alegria da Zona Sul.

Veja a ordem dos desfiles:

Unidos da Ponte

Primeira a desfilar, a Unidos da Ponte leva à avenida o enredo Oferendas, que trata das comidas dos orixás na umbanda e no candomblé. A azul e branco de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, vai reviver na avenida o enredo que apresentou em 1984.

Alegria da Zona Sul

A Alegria da Zona Sul, a vermelho e branco criada na comunidade do Cantagalo-Pavão-Pavãozinho, desenvolve o enredo Saravá, Umbanda!, em que, por meio das palavras de um Preto Velho, vai pregar a caridade, o amor e a fé.

Acadêmicos da Rocinha

A terceira agremiação na passarela será a Acadêmicos da Rocinha, escola de São Conrado, que vai criticar o racismo com o enredo Bananas para o Preconceito e dar destaque a líderes negros.

Acadêmicos de Santa Cruz

Em seguida, entra a Acadêmicos de Santa Cruz. O enredo Ruth de Souza – Senhora Liberdade, Abre as Asas sobre Nós, em homenagem à atriz de 97 anos, foi desenvolvido pelo carnavalesco Cahê Rodrigues, que, no ano passado, deixou a Imperatriz Leopoldinense e pela terceira vez está na Santa Cruz.

Unidos de Padre Miguel

As histórias do escritor Dias Gomes serão contadas no Sambódromo pela Unidos de Padre Miguel, com o enredo Qualquer Semelhança não Terá Sido Mera Coincidência. A escola tentará o campeonato, que escapou no ano passado, por uma diferença de 3 décimos. A vencedora foi a Viradouro.

Inocentes de Belford Roxo

A Inocentes de Belford Roxo vai levar para a avenida o enredo O Frasco do Bandoleiro, mostrando crendices sobre fortunas que teriam sido enterradas em botijas em quintais do Nordeste para escapar de saques.

Acadêmicos do Sossego

A Acadêmicos do Sossego fechará o primeiro dia de desfiles com o enredo Não se Meta com a Minha Fé. Acredito em Quem Quiser. Com o tema, a escola abordará a questão da intolerância religiosa.