Cartas reveladoras de Proust serão leiloadas em Paris
capa

Cartas reveladoras de Proust serão leiloadas em Paris

Venda coincide com centenário da concessão do prestigioso Prêmio Goncourt ao segundo volume de seu célebre trabalho "Em busca do tempo perdido"

Por
AFP

publicidade

Uma série de cartas de Marcel Proust, algumas das quais mostram como o escritor francês fez campanha para que tivesse sua obra publicada será leiloada pela Christie's em Paris, no dia 7 de outubro. A venda coincide com o centenário da concessão do prestigioso Prêmio Goncourt ao segundo volume de seu célebre trabalho "Em busca do tempo perdido".

No total, serão leiloados 75 lotes de livros e manuscritos raros, estimados em um milhão de euros. Mas a estrela será um conjunto de 16 cartas que Proust (1871-1922) enviou a René Blum, secretário-geral do jornal 'Gil Blas', bem conectado ao mundo editorial. Datadas entre 1913 e 1916, essas cartas, estimadas entre 200.000 e 300.000 euros, reúnem mais de 90 páginas. Na primeira, Proust pede que seu amigo envie "Pelo caminho de Swann", o primeiro volume de sua obra-prima, ao editor Bernard Grasset.