"Chernobyl: O Filme" ganha pôster nacionalizado

"Chernobyl: O Filme" ganha pôster nacionalizado

Longa previsto para dezembro conta sobre o desastre depois da explosão da usina nuclear

Correio do Povo

A previsão de estreia de “Chernobyl” é dezembro de 2020

publicidade

“Chernobyl: O Filme – Os Segredos do Desastre” (Chernobyl: Abyss, 2019), com distribuição da Paris Filmes, conta sobre a história de três profissionais que lutaram para evitar um problema ainda maior do que o causado na explosão da usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia Soviética em 1986.

Com direção de Danila Kozlovsky, Chernobyl – O Filme conta sobre o sacrifício desses profissionais e de outras centenas de pessoas que se arriscaram para evitar que o desastre fosse ainda maior, o que poderia ter tornado grande parte do continente europeu uma zona inabitável. A previsão de estreia é dezembro de 2020, após a reabertura dos cinemas de acordo com os protocolos de segurança de cada município.

A Paris Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição e produção de filmes, primando pela alta qualidade cinematográfica. Além de ter distribuído grandes sucessos mundiais, como o premiado “O Lado Bom da Vida”, que rendeu o Globo de Ouro e o Oscar de Melhor Atriz a Jen 3 e “Meia-Noite em Paris”, que fez no Brasil a maior bilheteria de um filme de Woody Allen, a distribuidora também possui em sua carteira os maiores sucessos do cinema nacional, como as franquias “De Pernas Pro Ar” e “Até Que a Sorte nos Separe”.

Nos últimos anos a empresa esteve à frente de lançamentos como a franquia “John Wick”, além de “La La Land – Cantando Estações”; “A Cabana”; “D.P.A: Detetives do Prédio Azul - O Filme”; “D.P.A. 2 - O Mistério Italiano”; “Extraordinário”; “Nada a Perder”, entre outros. Para 2020, a companhia aposta em um line-up diversificado, que inclui títulos como “O Escândalo”, “Judy”, “Frankie”, “A Jornada”, “O Jardim Secreto”, “Depois a Louca sou Eu”, “Detetives do Prédio Azul 3 - Uma Aventura no Fim do Mundo”, “Sapatinho Vermelho e os Sete Anões”, “10 horas Para o Natal”, “Turma da Mônica – Lições”, entre outros.


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895