Cinema russo ganha mostra a partir de hoje na Casa de Cultura Mário Quintana
capa

Cinema russo ganha mostra a partir de hoje na Casa de Cultura Mário Quintana

Entrada para o evento e gratuita

Por
Correio do Povo

"A Balada do Soldado" integra seleção de filmes

publicidade

Porto Alegre recebe a 5ª edição da Mostra Mosfilm de Cinema Russo. Este ciclo, que tem entrada franca, começa hoje e segue até 18 de dezembro, na Sala Eduardo Hirtz da Cinemateca Paulo Amorim da Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736, térreo), com sessões às 19h.

São 12 longas-metragens do cinema soviético e russo, quase todos inéditos no Brasil, de períodos e estilos variados. O filme que abre a programação é “A Balada do Soldado”, clássico de Grigori Chukhray (1959, P&B, 88min). A história se passa durante a 2ª Guerra, quando o soldado Alyosha destrói dois tanques alemães. Ao invés de uma medalha, pede uma licença para visitar a mãe. Na jornada, o jovem compartilha com o povo os sacrifícios da vida na retaguarda.

Entre outros destaques também estão a ficção científica “Stalker”, de Andrei Tarkovsky, e a comédia “A Prisioneira do Cáucaso”, de Leonid Gayday. Os três filmes passaram recentemente por processos de restauração no Mosfilm, o que também ocorreu com mais cinco dos 12 filmes da Mostra.

Outra novidade é a exibição de um balé, a versão de “Spartacus”, de Yury Grigorovich, de 1975, com o Balé Bolshoi. E de Karen Shakhnazarov chega o drama “O Mensageiro”, de 1986. O filme mais recente da seleção é a comédia “Aluga-se uma Casa com Todos os Inconvenientes”, de Vera Storozheva (2016).

A Mostra é uma realização do CPC-UMES Filmes, Uges e Umespa e do Estúdio Mosfilm, em parceria com a Cinemateca Paulo Amorim e o Instituto Estadual de Cinema do RS (Iecine-RS). O evento tem apoio da Embaixada da Federação da Rússia, Sputnik Cultural e agência “Rossotrudnichestvo”.