Com quatro estatuetas, "Parasita" leva o Melhor Filme do Oscar 2020

Com quatro estatuetas, "Parasita" leva o Melhor Filme do Oscar 2020

Longa da Coreia do Sul também foi vencedor de Melhor Direção, Melhor Roteiro e Melhor Filme Estrangeiro

Correio do Povo

Longa-metragem da Coreia do Sul também foi vencedor de Melhor Direção e Melhor Roteiro

publicidade

Em uma noite que acabou sendo histórica para a Academia, “Parasita” tornou-se o primeiro longa-metragem em língua não inglesa a levar o Oscar de Melhor Filme. A produção sul-coreana surpreendeu pelo número de conquistas e também venceu outras três categorias: Melhor Direção, com Bong Joon Ho; Melhor Filme Estrangeiro; e Melhor Roteiro Original, assinado por Bong Joon Ho e Han Jin Won.

A comédia de humor negro conta a história de uma família pobre de golpistas que se infiltra na casa de uma família rica, em um olhar quase universal sobre o abismo de classes cada vez maior. Anteriormente, a produção havia faturado outras das principais premiações do cinema internacional, como a Palma de Ouro do Festival de Cannes.

Carismático, Bong Joon Ho ganhava o público por sua espontaneidade a cada subida no palco. Ao receber o prêmio de melhor diretor, desbancando uma lenda do cinema como Martin Scorcese, citou nominalmente todos os seus concorrentes, como maneira de agradecimento. Antes, pouco após ganhar a primeira estatueta, as redes sociais se divertiram com a expressão do diretor ao olhar o prêmio. 

“Parasita”, aliás, ganhará uma série no HBO. Mas, conforme o diretor Ho explicou, a nova produção será uma expansão da história retratada no longa-metragem e não uma refilmagem. 

Sem muitas surpresas

Se o número de prêmios a “Parasita” surpreendeu, outras categorias tiveram o resultado mais ou menos dentro do esperado, como Renée Zellweger levar o Oscar de Melhor Atriz por sua interpretação em “Judy: Muito Além do Arco-Íris”, e Joaquin Phoenix como Melhor Ator, em “Coringa”. 

No primeiro prêmio da noite, Brad Pitt ganhou o Oscar de melhor ator coadjuvante por seu papel em “Era uma vez... em Hollywood”, a ode à meca do cinema de Quentin Tarantino. Laura Dern levou o prêmio de melhor atriz coadjuvante pelo papel de uma advogada especializada em divórcios em “História de um casamento”.  

Por outro lado, “O Irlandês” saiu do Dolby Theater sem ter vencido um prêmio sequer. 

Brasil ainda sem Oscar

Acabou não sendo desta vez que o cinema brasileiro conquistou um Oscar. Concorrendo com “Democracia em Vertigem” na categoria Documentário, a produção acabou preterida por “Indústria Americana”. Presente na cerimônia, a diretora Petra Costa postou fotos se manifestando segurando cartazes a favor da causa indígena e questionando quem mandou matar Marielle. No momento da premiação de “Parasita”, ela postou um vídeo celebrando o “cinema internacional”. 

• Releia a cobertura da entrega do Oscar

Tributo 

A cerimônia do Oscar tambem prestou tributo a Kirk Douglas, o último grande ícone da era dourada de Hollywood, falecido na última quarta-feira aos 103 anos, e à lenda do basquete e também premiado com o Oscar Kobe Bryant, morto em um acidente de helicóptero em 26 de janeiro passado. 

O momento de lembrança teve na trilha sonora “Yesterday”, dos Beatles. A música foi interpretada pela cantora Billie Eilish, acompanhada ao piano por seu irmão e produtor, Finneas. 

• Veja os vencedores de todas as categorias:

Melhor Filme: Parasita
Melhor Ator: Joaquin Phoenix - Coringa
Melhor Atriz: Renée Zellweger - Judy: Muito Além do Arco-Íris
Melhor Atriz Coadjuvante: Laura Dern - História de Um Casamento
Melhor Ator Coadjuvante: Brad Pitt - Era Uma Vez Em... Hollywood
Melhor Animação: Toy Story 4
Melhor Fotografia: 1917
Melhor Figurino: Adoráveis Mulheres
Melhor Direção: Parasita
Melhor Documentário: Indústria Americana
Melhor Documentário em Curta-Metragem: Learning to Skateboard In a Warzone (If You're A Girl)
Melhor Montagem: Ford vs Ferrari
Melhor Filme em Língua Estrangeira: Parasita
Melhor Cabelo e Maquiagem: 1917
Melhor Trilha Sonora Original: Coringa
Melhor Canção Original: Rocketman
Melhor Design de Produção: Era Uma Vez Em... Hollywood
Melhor Curta-Metragem: The Neighbors' Window
Melhor Edição de Som: Ford vs Ferrari
Melhor Mixagem de Som: 1917
Melhores Efeitos Visuais: 1917
Melhor Roteiro Adaptado: JoJo Rabbit
Melhor Roteiro Original: Parasita

*Com informações da AFP


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895