Corpo do músico tradicionalista Telmo de Lima Freitas é velado em Cachoeirinha

Corpo do músico tradicionalista Telmo de Lima Freitas é velado em Cachoeirinha

Cremação ocorre às 15h na capela master do cemitério Rainha da Paz

Guilherme Kepler / Rádio Guaíba

Cerimônia de cremação do cantor e compositor tradicionalista Telmo de Lima Freitas inicia às 15h

publicidade

O velório do cantor e compositor tradicionalista Telmo de Lima Freitas acontece na manhã desta sexta-feira em Cachoeirinha, na Região Metropolitana. Os atos fúnebres ocorrem na capela master do cemitério Rainha da Paz. No período da tarde, às 15h, serão realizadas as últimas homenagens antes da cremação.

O músico morreu, na tarde desta quinta-feira, em Cachoeirinha, onde vivia com a família. Natural de São Borja, ele havia comemorado 88 anos de idade no dia 13 de fevereiro. A filha, Ione Freitas, confirmou o óbito. A causa da morte não foi divulgada. Telmo ficou viúvo há seis meses, deixa os filhos Ione, Ana Elisa e Leonardo Francisco, além de netos e bisnetos.

Telmo é autor de sucessos como Esquilador, música vencedora do troféu Calhandra de Ouro da Califórnia da Canção Nativa de Uruguaiana, em 1979. Em 2009, tornou-se patrono da Semana Farroupilha. Morou durante anos em Uruguaiana e outras cidades do interior como por exemplo Itaqui, durante quatro anos aonde se aposentou como agente da Polícia Federal.

Em nota, o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) lamentou a morte do músico. Na instituição, Telmo era conselheiro honorário. Por conta da morte, o prefeito de Cachoeirinha, Miki Breier, decretou luto de três dias na cidade.

O prefeito de Uruguaiana, Ronnie Mello, também decretou luto oficial de três dias pela morte do músico, que no final dos anos 1980 foi secretário de Cultura do município, onde antes ele havia morado quando exercia suas funções na Polícia Federal.


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895