Definido o tema dos Festejos Farroupilhas 2020

Definido o tema dos Festejos Farroupilhas 2020

Também foi escolhida a patrona do evento, Alessandra Carvalho da Motta

Correio do Povo

A patrona Alessandra da Motta, ao lado do patrono dos Festejos Farroupilhas 2016, Zeno Dias Chaves.

publicidade

O tema e a patrona dos Festejos Farroupilhas 2020 foram escolhidos em reunião por videoconferência e anunciados pela Secretaria de Estado da Cultura RS. “Gaúchos sem Fronteiras” é a temática deste ano. E a patrona é Alessandra Carvalho da Motta. Natural de Cachoeira do Sul, Alessandra é servidora pública federal. Atuou por mais de 20 anos como artista, avaliadora, palestrante e pesquisadora, com atuação no MTG. A Semana Farroupilha está prevista para 14 a 20 de setembro, mas dependerá das políticas de enfrentamento ao novo coronavírus e dos protocolos emitidos por autoridades da área da saúde.

Participaram da agenda virtual representantes das secretarias de Estado da Cultura; Esportes; Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural; Comunicação; Desenvolvimento Econômico e Turismo; Casa Civil; e gabinete do governador, além de integrantes do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), Prefeitura de Porto Alegre, Famurs, OAB, Brigada Militar e Piquete Fraternidade Gaúcha. Presidente da comissão, o músico César Oliveira destacou, em justificativa à escolha do tema, que “é uma particularidade do povo gaúcho espalhar-se geograficamente pelo mundo, sem perder suas raízes culturais. Há algumas décadas, os gaúchos ganharam o Brasil, e hoje temos Centros de Tradição Gaúcha inclusive na China”. O tema escolhido também coloca em evidência o potencial de negócios do Rio Grande do Sul - especialmente na área turística.

Festejos Farroupilhas

O Decreto 45.816 de 2008 institui os Festejos Farroupilhas. De acordo com o Art. 1º, ficam instituídos os Festejos, como conjunto de eventos alusivos à comemoração do aniversário da Revolução Farroupilha (1835-1845) e de promoção das tradições histórico-culturais do Rio Grande do Sul.


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895