Dramas sobre prisão e relação familiar ganham destaque hoje no Porto Verão Alegre
capa

Dramas sobre prisão e relação familiar ganham destaque hoje no Porto Verão Alegre

Uma das atrações, “Danke” conta história da jornalista Ulrike Meinhof

Por
Correio do Povo

Espetáculo aborda vida da jornalista Ulrike Meinhof, morta em circunstâncias jamais elucidadas

publicidade

O Porto Verão Alegre é para cima, mas também é reflexivo, com dramas nos quais a humanidade das relações e vivências são o principal mote. O espetáculo “Danke” está em cartaz na Sala Álvaro Moreyra (Erico Verissimo, 307). A atração relata o período em que a jornalista e ativista alemã Ulrike Meinhof esteve confinada. Baseada no texto “Eu, Ulrike? Grito…” de Dario Fo e Franca Rame, segue hoje e quinta-feira, às 20h, pelo PVA. 

“Danke” traz o testemunho da jornalista e ativista alemã sobre os quatro anos em que esteve na prisão, onde morreu em circunstâncias jamais elucidadas. Isolada em uma cela branca que a priva de parte dos sentidos, Ulrike volta-se para si e depara-se com seu duplo, a carcereira, que transita entre o real e o imaginário.

A ativista social e política lutou pelos direitos humanos na década de 60, tornando-se um dos ícones feministas do século XX. Mais do que nunca, suas palavras são pertinentes neste momento histórico. O espetáculo nasce no Departamento de Arte Dramática da Ufrgs em 2004 como projeto de graduação de Juliana Kersting, com orientação de Giselle Cecchini e participação da atriz Paola Oppitz. Em 2017, passa a ter direção de Denis Gosch e participação de Dani Dutra, integrando repertório do coletivo M.A.cia – Teatro, Dança e Assemelhados, fundado em 2015 por Denis e Juliana. 

Luto

Com direção de Julio Conte, o espetáculo “Latidos” tem sessões ainda hoje e quinta-feira, 20h, no Teatro Carlos Carvalho da Casa de Cultura Mario Quintana (Andradas 736, 2° andar). Na trama, mãe e filha tomam café da manhã dias após o enterro do pai. Virgínia, a mãe, é uma mulher de negócios. Valentina, a filha em luto.

A narrativa sintética e consistente traz o dramático mais essencial. Valentina procura o cão de estimação Buck, que se encontra sumido. A partir daí há um confronto de universos que passa a uma conversa radical em busca da verdade. No elenco, Patsy Cecato e Gabriela Poester. Os ingressos para os dois espetáculos podem ser adquiridos no site do Porto Verão Alegre.