Edital para ações nas comunidades

Edital para ações nas comunidades

Sedac/RS e entidades ligadas a coletivos comunitários lançaram nesta sexta o Ações Culturais nas Comunidades

Paulo Daniel Santos, da Cufa RS, intérprete de Libras, Vânia, e secretaria de Cultura Beatriz Araujo durante lançamento do edital

publicidade

Foi lançado nesta sexta-feira mais um edital com recursos da Lei Aldir Blanc. Viabilizado pela Chamada Pública 13/2020, Ações Culturais das Comunidades é uma parceria do governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura (Sedac), com Associação de Desenvolvimento Social do Norte do RS, (ADSNRS) - Central Única das Favelas (Cufa) de Frederico Westphalen e Cufa RS. O valor é de R$ 14 milhões. As inscrições abriram às 14h30min desta sexta-feira, no início da live e podem ser realizadas em diferentes plataformas até 15 de fevereiro: Whats (021) 92043-7600, e-mail acoesculturaisdascomunidades@gmail.com e de forma presencial, com os agentes locais, que atuarão diretamente em comunidades.

Participaram do lançamento a secretária da Cultura, Beatriz Araujo, o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Mauro Hauschild, o secretário Executivo do programa RS Seguro, Antônio Padilha, o coordenador da Cufa Frederico Westphalen, Júnior Torres, e o coordenador da Cufa RS, Paulo Santos. O edital promoverá a estruturação e a qualificação de iniciativas realizadas por coletivos culturais de base comunitária e premiará agentes culturais que tenham atuação de, no mínimo, dois anos nas 63 comunidades dos 23 municípios gaúchos que integram o RS Seguro – Programa Transversal e Estruturante de Segurança Pública. A Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do RS fará a mobilização e capacitação nestas localidades. 
Serão contempladas atividades nas áreas do Audiovisual; Artesanato; Artes Visuais; Circo; Culturas Populares; Cultura Viva; Dança; Diversidade Linguística, Livro, Leitura e Literatura; Música; Teatro; Memória e Patrimônio; e Museus. O edital será dividido em duas categorias: Premiação, voltada para agentes culturais (pessoas físicas), residentes (ou atuantes) na região e com trabalho cultural reconhecido na comunidade, e disponibilizará prêmios de R$ 2 mil, e Subsídios, destinada a Pessoas Jurídicas (empresas, microempreendedores individuais (MEIs), Os subsídios serão nos valores de R$ 5 mil – coletivos informais, sem CNPJ ativo – e R$ 10 mil – coletivos formais, com CNPJ ativo.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895