Eletricista de 'Rust' diz que morte de Halyna foi resultado de "negligência"

Eletricista de 'Rust' diz que morte de Halyna foi resultado de "negligência"

Serge Svetnoy também acusou os produtores do filme de "falta de profissionalismo"

R7

No clique, a diretora de fotografia está de costas, usando um casaco de frio, um gorro na cabeça e fones de ouvido

publicidade

Serge Svetnoy, chefe da equipe de eletricistas de Rust, compartilhou em uma rede social o que ele diz ser a última foto tirada de Halyna Hutchins antes de ela ser baleada acidentamente pelo ator Alec Baldwin, na última quinta-feira. "Essa é a última foto com Halyna no set", escreveu ele.

No clique, a diretora de fotografia está de costas, usando um casaco de frio, um gorro na cabeça e fones de ouvido. No entanto, não se sabe se a imagem foi feita no dia em que ela morreu. Na mesma rede social, Svetnoy criticou os produtores do filme, acusando-os de "negligência e falta de profissionalismo".

"Eu a estava segurando em meus braços enquanto ela estava morrendo. Seu sangue estava em minhas mãos... é culpa de negligência e falta de profissionalismo. A negligência da pessoa que deveria verificar a arma no local e não fez isso, da pessoa que teve que anunciar que a arma carregada estava no local e não o fez, da pessoa que deveria ter verificado essa arma antes de trazê-la para o set e não o fez... tenho certeza de que tínhamos profissionais em todos os departamentos, exceto um — o departamento responsável pelas armas", disse ele, indignado com a fatalidade que tirou a vida da colega.

Em outro momento, o eletricista falou dos riscos a que se está sujeito em um set de filmagem e da importância de não cortar orçamento quando o assunto é a segurança das pessoas que trabalham.

"Temos um trabalho fascinante e incrível, mas também é perigoso. Filmamos nas montanhas, em mar aberto, debaixo d'água. Temos explosões, tiros, acidentes de carro, eletricidade e muito mais. Às vezes, para economizar um centavo, você contrata pessoas que não são totalmente qualificadas para o trabalho complicado e perigoso e arrisca a vida de outras pessoas que estão próximas e a sua também. Eu entendo que você sempre luta pelo orçamento, mas não pode permitir que isso aconteça. Deve haver sempre pelo menos um profissional em cada departamento que conheça a função. É absolutamente necessário evitar tal tragédia, como a tragédia com Halyna", afirmou Svetnoy.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895