Elza Soares morre aos 91 anos no Rio de Janeiro

Elza Soares morre aos 91 anos no Rio de Janeiro

Informação foi confirmada pela família da cantora nesta quinta-feira; ela estava em casa e morreu por causas naturais

R7

Elza Soares: ícone da música brasileira, considerada uma das maiores artistas do mundo

publicidade

Elza Soares morreu aos 91 anos nesta quinta-feira. A informação foi confirmada por familiares da artista. Ela estava em casa, no Rio de Janeiro.

"É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15 horas e 45 minutos em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais", informou o comunicado postado no perfil oficial da artista.

"Ícone da música brasileira, considerada uma das maiores artistas do mundo, a cantora eleita como a Voz do Milênio teve uma vida apoteótica, intensa, que emocionou o mundo com sua voz, sua força e sua determinação. A amada e eterna Elza descansou, mas estará para sempre na história da música e em nossos corações e dos milhares fãs por todo mundo. Feita a vontade de Elza Soares, ela cantou até o fim. Pedro Loureiro, Vanessa Soares, familiares e Equipe Elza", finalizou a família e assessoria em nota.

Com mais de 60 anos só de carreira, Elza acumula uma discografia com 84 títulos, 17 pinos na coluna e uma coletânea de dores e alegrias da mulher preta, filha de uma lavadeira com um operário, criada na favela de Água Santa, no subúrbio do Rio de Janeiro.

Em uma entrevista recente ao R7, a artista falou que não sentia o peso da idade. "Eu continuo a mesma. A Elza viva. Com os mesmos sentidos e desejos. Seguindo a vida. A que você conheceu de salto 15 dançando e cantando no palco (...) Não envelheci ainda. O dia que envelhecer, eu falo."

Nos últimos 20 anos, Elza fez da trajetória pessoal matéria-prima para ressignificar tragédias, atualizar o discurso, dialogar com novas gerações e, assim, se transformar em uma das principais vozes da juventude brasileira.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895