Espetáculo em Porto Alegre aborda política e história por meio da dança do ventre

Espetáculo em Porto Alegre aborda política e história por meio da dança do ventre

"Arábia" é atração hoje, às 20h, na Casa de Cultura Mario Quintana

Por
Correio do Povo

publicidade

Nesta quarta-feira, chega ao fim o ano de pesquisas e aulas da Escola Harém Dança do Ventre. A tradicional apresentação de final de ano da escola será com única apresentação do espetáculo "Arábia", hoje, às 20h, no Teatro Bruno Kiefer, da Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736, 6° andar).

Com 20 bailarinas, “Arábia” conta, por meio da dança do ventre, a história política e social de países árabes. Segundo a professora Muna, a apresentação retrata a cultura de países árabes como Egito, Marrocos, Líbano e Turquia. “Procuramos refletir na dança do ventre as singularidades que agregam componentes estéticos e políticos de cada país”, revela.

Partindo da pesquisa acadêmica de Muna Zaki, que investiga processos de mundialização e hibridação na dança, a concepção do espetáculo contou com relatos de viagens das alunas àqueles países, além de fotos e vídeos. “O nosso espetáculo desmistifica a ideia em torno dos países árabes, apresentando, por meio da dança, a sua complexidade e toda a sua alegria e sua diversidade", acrescenta a diretora geral de “Arábia” e coreógrafa da apresentação, junto com Raíssa Mahin.


A Escola Harém é uma das pioneiras da dança do ventre em Porto Alegre, inaugurada em 2001. Nestes 18 anos, já formou dezenas de bailarinas e professoras ou com carreira internacional nos países árabes.