Espetáculos drive-in chegam à Capital

Espetáculos drive-in chegam à Capital

Poa Drive-in Show começa amanhã e deve seguir até setembro com programação para toda a família

Por
Camila Souza*

Uma das atrações da estreia do projeto é a banda gaúcha Chimarruts, que toca neste sábado, às 20h


publicidade

Com as recomendações de distanciamento social impostas pela pandemia, produtores culturais buscam alternativas para movimentar o setor artístico. É nesse cenário, de desafios e adaptação, que um projeto inédito surge na Capital: o Poa Drive-in Show. A partir deste sábado, o público poderá assistir a uma variedade de atrações dentro de seus carros, em um espaço destinado ao entretenimento sem aglomeração.

O projeto será realizado através de uma parceria entre a Prefeitura de Porto Alegre e as empresas Impacto Vento Norte e Best Entretenimento. Previsto para acontecer até setembro no estacionamento da EPTC (rua Carlos Medina, ao lado do Estádio Beira-Rio), o evento vai contar com shows musicais e apresentações de teatro e stand up nos finais de semana. Uma das atrações de estreia é a banda gaúcha Chimarruts, que promete animar o público com seus grandes sucessos. O cantor e fundador do grupo, Rafa Machado, explica a missão dos artistas nesse período. “Precisamos fazer o nosso papel principal de trazer esperança através das mensagens das músicas”, ressalta. 

Na abertura do evento, sábado, será lançada a Campanha do Agasalho pela Prefeitura da Capital. Shows se iniciam com a cantora Júlia Reis, seguidos pela apresentação do Guri de Uruguaiana, às 16h, e se encerram com a banda Chimarruts, às 20h. No domingo, tem o show “Tributo a Tim Maia”, 19h, com Tonho Crocco.

Além do inovador Poa Drive-in Show, a Prefeitura de Porto Alegre tem adaptado outros projetos ao formato digital para promover a cultura durante a pandemia, como exposições artísticas e aulas de danças virtuais. Para o secretário de Cultura da Capital, Luciano Alabarse, a arte tem a função de aliviar tensões nesse período conturbado. “Devemos agradecer por esses momentos em que conseguimos nos libertar um pouco das preocupações”, afirma

E quem participar dos shows, além de desfrutar do momento de lazer, também vai ajudar profissionais do setor cultural. Isso porque parte do valor dos ingressos será destinado a entidades da classe artística. De acordo com Pinheiro Neto, sócio-diretor da Best Entretenimento, a responsabilidade social é o que motivou a criação do projeto. “Entendemos que os artistas estão passando por necessidades e nós, enquanto empresários, precisamos movimentar o mercado”, explica. Ele destaca que o evento vai oferecer uma opção de distração para que as pessoas fiquem menos estressadas diante dos acontecimentos ruins. “Elas precisam de um momento de relaxamento”, diz o empresário.

A estrutura do Poa Drive-in conta com um palco de 400 metros e a imagem dos artistas será ampliada em telões de LED. O áudio será enviado ao público via frequência de rádio. Haverá área de alimentação, comercializada através de aplicativo, com os pedidos entregues diretamente nos veículos. A organização garante que, para cumprir as orientações sanitárias estabelecidas, os participantes do evento terão a temperatura medida na chegada. Também haverá distribuição de álcool em gel no local. Estima-se como capacidade de público 200 veículos por sessão, com a distância mínima de 2,5 metros entre cada carro. A segurança será feita por uma empresa privada com apoio da Brigada Militar. Os ingressos estão à venda no site do evento e não serão comercializados no local.


*Sob a supervisão do editor Luiz Gonzaga Lopes