Exibição de 'Pacarrete' marca o retorno do Cineclube Torres

Exibição de 'Pacarrete' marca o retorno do Cineclube Torres

Evento ocorre no Museu Histórico de Torres nesta segunda-feira

Atriz Marcélia Cartaxo protagoniza o filme 'Pacarrete'

publicidade

As atividades do Cineclube Torres recomeçam nesta segunda-feira, 14 de março, às 20h, com a sessão inaugural de um Ciclo de Filmes de Expressão Ibero-Americana. A sessão será com “Pacarrete”, de Allan Deberton (2019), filme alusivo ao Dia Internacional da Mulher e uma das produções brasileiras recentes mais premiadas, que obteve, no Festival de Gramado a vitória em oito categorias, incluindo Melhor Filme, Direção e Atriz.

A personagem principal do filme, a “Pacarrete”, interpretada pela atriz Marcélia Cartaxo, é uma bailarina idosa, considerada louca, que vive em Russas, uma cidade do Interior no Ceará. Na véspera da festa de 200 anos da cidade, ela decide fazer uma apresentação de dança como presente para o povo local, mas só encontra indiferença e desrespeito à sua arte. O filme retrata uma figura feminina verídica, lutando contra os preconceitos  e em busca da própria realização através da arte.

O ciclo de filmes, exibidos sempre nas segundas-feiras até final de abril, prevê sete filmes de sete países ibero-americanos e representa a nona edição de uma mostra que tradicionalmente ocupa a programação de verão do cineclube desde o início das atividades. Desde 2011, o Cineclube Torres afirma com esta programação especial a importância da reflexão sobre a complexa identidade cultural Ibero-Americana, particularmente interessante no Rio Grande do Sul, um lugar de confluência e de síntese das diretrizes fundamentais que compõem esta peculiar expressão cultural e fílmica.

A organização das sessões é do Cineclube Torres, associação sem fins lucrativos, Ponto de Cultura pela Lei Cultura Viva, em atividade desde 2011, e conta com o patrocínio da Up Idiomas Torres e o apoio institucional da Secretaria Municipal da Cultura e do Esporte.

A sessão ocorre no Museu Histórico de Torres, na Rua Júlio de Castilhos 702 (edifício da antiga prefeitura), 20h. A entrada é franca, até a lotação do espaço (aproximadamente 25 pessoas), com comprovante de vacinação (duas doses).


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895