Escola para surdos promove inclusão com teatro
capa

Escola para surdos promove inclusão com teatro

Instituição participa de programação cultural promovida pelo Correio do Povo nesta primeira semana de Feira do Livro de Porto Alegre

Por
Samantha Klein

Alunos se apresentam no Espaço Cultural do CP. Nova apresentação ocorre na manhã de sexta-feira

publicidade

Única instituição pública de ensino regular para surdos de Canoas, a Escola Municipal de Ensino Fundamental para Surdos Vitória está participando das ações culturais do Correio do Povo nesta primeira semana de Feira do Livro de Porto Alegre. Nesta segunda-feira, alunos do colégio apresentaram uma adaptação de peça "João e Maria", no Espaço Cultural do CP.

Com pouco mais de 40 alunos, o colégio trabalha desde a Educação infantil com projeto de intervenção comunicativa, Ensino Fundamental, Ensino para Adultos (EJA), e turma por habilidades - estudantes deficientes auditivos com outros comprometimentos. "Além do currículo regular, trabalhamos com oficinas de esporte e artes em turno integral", ressalta a supervisora Naiara Rodrigues Silveira Lacerda. 

Todos os professores e funcionários do colégio têm proficiência em libras. Naiara ressalta que muitas das crianças e adolescentes aprendem a liguagem somente ao acessar a escola. "É muito comum verificar que as famílias não têm conhecimento de libras, o que dificulta a comunicação dos filhos". 

Operadora de Sistema do Correio do Povo, Renata Andrade conta que estudou em escolas especializadas e que o teatro sempre esteve presente em sua educação. Ela chama a atenção para a necessidade de visibilidade desse público. "É importante que eles estejam nesse espaço para mostrar a sua capacidade e criatividade às pessoas ouvintes. Assim, ouvinte olham, observam e têm noção da importância da inclusão", destaca.

• Confira a programação completa

A professora de artes da escola, Josiane Tesch, ressalta que o teatro é uma das formas lúdicas para a inclusão dos diferentes. O processo de preparação começa quando os alunos assistem a peça em vídeo e sugerem alterações na montagem. "Eles têm essa liberdade de sugerir cenas e se conectar com o que eles gostam. Como a língua dos surdos é muito expressiva, o teatro é perfeito. Libras é visual-espacial então eles podem se expressar e demonstrar muito bem suas emoções".

Dados da Educação de Surdos no RS

A rede estadual de ensino conta com cinco escolas específicas para surdos. Elas estão localizadas nos seguintes municípios: Porto Alegre, Esteio, Novo Hamburgo, Caxias do Sul e Santa Maria.

Além disso, outras 707 instituições de ensino do Estado fazem o atendimento inclusivo dos 1.279 alunos surdos e deficientes auditivos matriculados nas escolas estaduais.