Feneec pede que governadores e prefeitos determinem fechamento de cinemas que operam em shoppings

Feneec pede que governadores e prefeitos determinem fechamento de cinemas que operam em shoppings

Em Porto Alegre, apenas o Espaço Itaú de Cinemas irá fechar as salas a partir desta quinta-feira

Por
Lou Cardoso

Espaço Itaú de Cinema irá fechar as salas a partir desta quinta-feira em Porto Alegre


publicidade

A Federação Nacional das Empresas Exibidoras Cinematográficas (Feneec) solicitou que governadores e prefeitos determinem o fechamento das salas de cinema, especialmente as que operam dentro de shoppings, de seus Estados e cidades na forma da lei. O pedido é por conta da pandemia do novo coronavírus, em que recomenda-se a suspensão de atividades culturais que envolvem aglomeração de pessoas para que não ocorra a contaminação da Covid-19. 

"As empresas exibidoras entendem que a grave situação colocada pela pandemia do Covid-19 é urgente e demanda uma resposta rápida que somente o Estado está habilitado a tomar. Infelizmente, o fechamento das salas por iniciativa das empresas demandaria negociações com cada uma das empresas administradoras de cada shopping onde existe uma sala de cinema, o que seria bastante complexo e lento", diz o comunicado. 

"Os shoppings pertencem a diferentes grupos econômicos, com participação de investidores, fundos de previdência, fundações e outros, o que exigiria diversas instâncias de negociação, resultando em um prazo para solução dos problemas que a saúde pública não tem. O bem-estar dos espectadores de cinema e dos funcionários das empresas de cinema é hoje a nossa prioridade total", encerra a nota assinada pelo presidente da Fennec, Ricardo Difini Leite. 

Salas de cinema em Porto Alegre seguem operando

Em Porto Alegre, considerando os cinemas em shoppings centers, apenas o Espaço Itaú de Cinema, localizado no Bourbon Country, anunciou o fechamento total de suas salas a partir desta quinta-feira, 19 de março.

A Cineflix Cinemas, que fica no Shopping Total, informou que está operando com apenas 50% da capacidade de cada sala, para que os espectadores mantenham uma distância segura entre si, assim como reforçaram a higienização de todas as instalações do cinema, especialmente poltronas, maçanetas e corrimãos após o término de cada sessão. O local também conta com álcool em gel disponível para higienização. A única atividade suspensa da Cineflix foi a sessão Bebê a Bordo. 

Já a rede Cinépolis, do Shopping João Pessoa, informou que até o momento, as unidades de Porto Alegre e Rio Grande do Sul vão operar normalmente com o horário de funcionamento reduzido, em que abrirão mais tarde e terão menos sessões. 

A rede GNC Cinemas, que possui unidades no Iguatemi, Praia de Belas Shopping e Moinhos Shopping, apoia a nota divulgada da Feneec. 

A rede Cinemark comunicou que está suspendendo ou já suspendeu a operação nos estados e municípios onde as autoridades locais estão determinando o fechamento das salas de cinema. Já nas cidades onde os governos municipais e estaduais ainda não decretaram o fechamento das salas de cinema, o Cinemark  orientou os seus funcionários sobre como agir no que se refere a cuidados de higiene pessoais e limpeza das salas.

"A Cinemark acompanha atentamente o desenvolvimento da epidemia de Covid-19 no Brasil e ao redor do mundo, bem como as ações e recomendações do Ministério da Saúde e das Secretarias de Saúde dos estados e municípios em que atua. Nas cidades onde as salas de cinema ainda não foram fechadas pelos governos locais, a Rede já orientou sua equipe sobre como agir, especialmente no que se refere a cuidados de higiene manual dos próprios funcionários e sobre a limpeza das salas, além de oferecer todo o suporte necessário para a aplicação dessas normas", diz a nota do Cinemark.