Filha de Woody Allen reafirma que foi abusada pelo pai aos sete anos
capa

Filha de Woody Allen reafirma que foi abusada pelo pai aos sete anos

Dylan Farrow foi adotada pelo cineasta quando ele namorava a atriz Mia Farrow

Por
Correio do Povo

Atriz também pediu que pessoas acreditem nela

publicidade

 As polêmicas envolvendo o cinesta Woody Allen ganharam novos contornos depois que Dylan Farrow, a filha que ele adotou quando namorava Mia Farrow, reforçou as alegações de abuso infantil contra o pai, pedindo que o mundo acredite nela. "Estou falando a verdade e acho importante que as pessoas entendam que vítimas importam e são capazes de mudar as coisas", disse a escritora em entrevista para ao canal norte-americano CBS que vai ao ar nesta quinta-feira. Ela afirma que o diretor a abusou quando tinha apenas sete anos, em 1992.

"Por que não devo querer derrubá-lo? Por que não devo estar com raiva? Por que não estaria machucada? Por que eu não deveria sentir algum tipo de indignação depois de todos esses anos sendo ignorada, desacredtiada e jogada de lado?", pergunta Dylan em um teaser da entrevista divulgado pela emissora. Questionada por que as pessoas deveriam acreditar nela agora, ela respondeu: "Suponho que é sobre eles, mas tudo o que posso fazer é falar minha verdade e espero que alguém acredite em mim ao invés de apenas ouvir".

O caso aconteceu no mesmo ano em que Allen começou a se relacionar com Soon-Yi Previn, que foi adotada por Mia em um casamento anterior. O diretor, com um currículo com mais de 50 filmes, vencedor de quatro Oscars e diversos prêmios na Europa, sempre negou as alegações de abuso contra Dylan. Mas a tortura de assédio sexual que derrubou titãs de Hollywood, como Harvey Weinstein e Kevin Spacey, e a indústria, a política e a mídia, tem impulsionado uma contração crescente contra Allen.

Uma nova denúncia surgiu quando Dylan publicou uma carta aberta no jornal The Los Angeles Times. No texto ela questiona o fato do pai ter conseguido um contrato de filme quando denúncias contra o produtor Harvey Weinstein foram efetivadas. "Qual o motivo de Harvey Weinstein e outras celebridades acusadas de abuso terem sido banidas de Hollywood enquanto Allen recentemente conseguiu um contrato milionário de distribuição de seu próximo filme? Há muito tempo eu digo que quando eu tinha sete anos de idade, Woody Allen me levou para o sótão, longe da babá que estava instruída a nunca me deixar sozinha com ele. Então ele abusou sexualmente de mim. Eu disse a verdade para as autoridades, e eu tenho dito isso, sem alterações, por mais de 20 anos”, escreveu.