Filme "Açúcar" terá sessão comentada na Casa de Cultura Mario Quintana

Filme "Açúcar" terá sessão comentada na Casa de Cultura Mario Quintana

Evento, que ocorre na quarta-feira, terá presença dos diretores do longa

Por
Correio do Povo

Filme conta a história de Bethânia, personagem interpretada pela atriz Maeve Jinkings


publicidade

Na quarta-feira, às 19h, a Sala Eduardo Hirtz da Cinemateca Paulo Amorim da Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736, térreo) Centro Histórico de Porto Alegre) terá uma sessão especial do filme brasileiro “Açúcar”, escrito e dirigido por Renata Pinheiro e Sérgio Oliveira. Após a exibição do longa-metragem, o diretor estará presente para um debate com o público.

Produzido pela Aroma Filmes em coprodução com a Boulevard Filmes, Canal Curta e Synapse, e distribuição da Boulevard Filmes, a obra conta a história de Bethânia, personagem interpretada pela atriz Maeve Jinkings. Bethânia retorna a suas terras onde uma vez funcionou o antigo engenho de açúcar da sua família, o Engenho Wanderley.

Entre fotos, criaturas fantásticas, contas a pagar e trabalhadores reivindicando seus direitos sobre a terra, ela enfrenta a si mesma em um presente onde o passado e o futuro são ambos ameaçadores. Ela é uma mulher madura, miscigenada, nascida e criada em uma família branca em uma fazenda localizada na Zona da Mata.

Em certos aspectos, a protagonista é uma figura simbólica que carrega em si a formação crucial do povo brasileiro. Conforme relata a sinopse do filme, ela vive e se perde em um dilema, onde nem o preto nem o branco se encaixam plenamente em sua existência. Enquanto ela tenta se reconectar com o local, enfrenta os antigos empregados, agora donos de parte da terra. 

O filme traz diversos elementos que ressaltam a divisão social que ainda é gritante no país. Ele adentra na dicotomia senhor de engenho versus escravos (branco versus negro, alta cultura versus cultura popular, realidade versus imaginação), onde acaba cruzando a história de vida de Bethânia com a formação da identidade do país.


No dia da sessão especial, não haverá exibição do filme de suspense “O Farol”, dirigido por Robert Eggers, que está em cartaz no mesmo horário nos demais dias da semana (menos nas segundas, folga do espaço). Os ingressos para o evento podem ser adquiridos na bilheteria da Cinemateca.