Filme "Histórias Estranhas" exibe oito narrativas sobrenaturais em Porto Alegre

Filme "Histórias Estranhas" exibe oito narrativas sobrenaturais em Porto Alegre

Com estreia nesta quinta-feira, produções mesclam estilos que vão do bizarro ao terror

Correio do Povo

"Histórias Estranhas" será exibido em 19 cidades do país

publicidade

Oito diretores de diferentes cidades do Brasil se reuniram para realizar o filme “Histórias Estranhas”, uma coletânea de oito narrativas que tratam de questões sobrenaturais, mesclando estilos que vão do bizarro ao terror. Com distribuição da Elo Company e estreia marcada para esta quinta-feira em 20 salas de 19 cidades do país, o filme é parte do “Projeta às 7”, parceria da distribuidora com a rede Cinemark, que abre uma janela para o cinema nacional independente no circuito comercial. Porto Alegre é uma das cidades incluídas, com sessão em uma sala da rede Cinemark do BarraShoppingSul, às 19h, segunda a sexta-feira.

O diretor e idealizador do projeto Ricardo Ghiorzi, de Porto Alegre, conta que a ideia de “Histórias Estranhas” existe desde 2015: “O projeto veio evoluindo e sofrendo várias metamorfoses durante estes anos. Para a seleção, centralizou-se em curtas que tivessem ótima qualidade técnica e artística e tivessem, claro, temática sobrenatural, fantástica ou de horror”.

• Netflix divulga teaser da nova temporada de "Stranger Things"

O longa-metragem, que reuniu a produção de quatro estados brasileiros, apresenta nomes promissores do gênero fantástico como Rodrigo Brandão, que dirige “Ninguém”, história sobre um encontro potencialmente perigoso entre um andarilho e um casal; Kapel Furman, responsável por “A Mão”, narrativa sobre uma criatura que caça cristais em seres humanos; Taísa Ennes, de “Mulher LTDA.”, que mostra corpos no necrotério transformados em produtos a serem comercializados; Paulo Biscaia Filho, diretor de “No Trovão, na chuva ou na tempestade”, segmento sobre um pacto com três bruxas; Claudio Ellovitch, de “Os Enamorados”, narra sonhos psicodélicos que não são possíveis de se diferenciar da realidade.

O longa conta ainda com Filipe Ferreira, que é responsável por “Invisível”, a história de um homem invisível e suas dificuldades; Ricardo Ghiorzi, idealizador geral e também diretor de “Sete Minutos para a Meia-Noite”, retrata a espera de uma mulher para cumprir um pacto; e Marcos DeBrito, diretor de “Apóstolos”, descreve a busca de um ser por cabeças masculinas para fotografar.

“Histórias Estranhas” tem produção geral da Cinematográfica, com sede na capital gaúcha, e conta com a coprodução da Impulso Hüb, Infravermelho Filmes, Machina Filmes, Vigor Mortis, Arica Filmes, Procine, Fantoche Filmes e DeBrito Produções. 

Confira o trailer de "Histórias Estranhas":


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895