Filmes brasileiros ganham destaque entre estreias desta quinta-feira
capa

Filmes brasileiros ganham destaque entre estreias desta quinta-feira

Em "Carcereiros", Rodrigo Lombardi interpreta personagem que enfrenta maior missão de sua carreira

Por
Correio do Povo

Ator Rodrigo Lombardi está de volta ao papel do agente penitenciário Adriano


publicidade

Depois de ver outros filmes brasileiros brilharem no país e no mundo, chegam novas produções nacionais aos cinemas. Entre elas está “Carcereiros”, dirigido por José Eduardo Belmonte (o mesmo de “Alemão”). O ator Rodrigo Lombardi está de volta ao papel do agente penitenciário Adriano em uma história em torno de uma noite no presídio. Ali, ele enfrenta a maior missão de sua carreira: encarcerar um perigoso terrorista internacional.

Na trama, Abdel é interpretado por Kaysar Dadour, cuja chegada aumenta ainda mais a tensão no presídio, que já vive dias de terror por conta da luta entre duas facções criminosas. O roteiro é assinado por Marçal Aquino, Fernando Bonassi, Dennison Ramalho e Marcelo Starobinas, e estão no elenco também Jackson Antunes, Dan Stulbach, Tony Tornado, Milton Gonçalves, Rainer Cadete, Giovanna Rispoli e Ivan de Almeida. “Carcereiros - O Filme” é inspirado no livro homônimo de Drauzio Varella. 

Outra estreia é de “Aspirantes”, primeiro longa-metragem de Ives Rosenfeld, que acompanha a batalha de um jovem que quer se tornar profissional do futebol e precisa lutar contra a inveja crescente que pode colocar em perigo o amor de seu melhor amigo e de sua namorada. No elenco do filme estão Ariclenes Barroso, Sergio Malheiros, Julia Bernat e Karine Teles.

Na produção, Junior e Bento são jovens jogadores de futebol do Bacaxá A.C., de Saquarema, no litoral do Rio de Janeiro. Melhores amigos desde a infância, Bento está sempre procurando meninas e festas e é a maior estrela do time. Já o comprometido Junior lida com a gravidez inesperada de sua namorada, as preocupações constantes da mãe dela sobre o futuro, e o seu tio alcoólatra. 

E, com direção de Claudia Priscilla e Kiko Goifman, chega às telas o documentário “Bixa Travesty”, com Linn da Quebrada, que é uma cantora, atriz e performer à procura da desconstrução de paradigmas e estereótipos. O filme ganhou prêmios no mundo todo, entre eles o Teddy Award de melhor documentário no Festival de Berlim, a melhor direção no Festival de Cartagena, e o de melhor longa do júri popular e melhor trilha sonora no Festival de Brasília.

Confira todas as estreias: