"Frozen 2" é a animação de maior bilheteria de todos os tempos
capa

"Frozen 2" é a animação de maior bilheteria de todos os tempos

Recorde anterior era justamente do primeiro filme da saga, que narra a história das irmãs Anna e Elsa

Por
AE

Filme é sequência do longa de 2013


publicidade

"Frozen 2", sequência do filme de 2013, tornou-se a animação com a maior bilheteria de todos os tempos nesta semana. O recorde anterior era justamente da primeira obra, que narra a história das irmãs Anna e Elsa. O novo longa da Disney estreou em dezembro nos cinemas mundiais e já arrecadou 1,32 bilhão de dólares ao redor do mundo, contra 1,27 bilhão de dólares conquistados pelo primeiro Frozen. Com a marca, a animação é o 14º filme no ranking geral, mas precisa de mais 75 milhões de dólares para entrar no Top 10, ultrapassando "Star Wars: Os Últimos Jedi", "Pantera Negra", "Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2" e "Vingadores: A Era de Ultron".

Esta nova animação teve pré-estreia em território nacional na edição 2019 da CCXP, deu continuidade a uma história que antecipou temas que viriam a pautar o cinema durante a última década, como o empoderamento feminino. Levando às salas de cinema paulistanas crianças vestidas a caráter como princesas, o filme chegou a ser alvo de críticas da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, que afirmou que a personagem Elsa seria lésbica – o que não se verifica na trama.


"Frozen 2" retoma a relação das irmãs, que haviam se reencontrado e reaproximado após um longo período de separação no primeiro longa. Agora, Anna e Elsa se veem envolvidas em uma rivalidade de longa data entre Arendelle, o reino em que elas moram, e a tribo dos Northuldra por causa da construção de uma barragem. Dirigido por Chris Buck e Jennifer Lee, o novo filme foi inspirado no conto de fadas "A Rainha da Neve", do escritor e poeta dinamarquês Hans Christian Andersen, cuja obra inspirou diversos clássicos infantis, incluindo textos que deram origem a outros filmes da Disney, como O Patinho Feio, adaptado em 1939, e A Pequena Sereia, de 1989, que deve ganhar em breve uma versão live action.