"Game of Thrones" e "Fleabag" são destaques no Emmy 2019
capa

"Game of Thrones" e "Fleabag" são destaques no Emmy 2019

Fantasia épica se despede conquistando categoria série de drama

Por
AFP

Desempenho da comédia surpreendeu conquistando quatro estatuetas

publicidade

Em sua temporada de despedida, "Game of Thrones" venceu o Emmy na categoria drama, mas o grande destaque da premiação celebrada no domingo à noite em Los Angeles foi a série de comédia britânica "Fleabag".

Ao contrário da série criada por Phoebe Waller-Bridge, que também venceu como melhor atriz de comédia e melhor roteiro, o triunfo de "Game of Thrones" era previsto, apesar da irritação de vários fãs com o final da produção. A fantasia épica e violenta da HBO venceu 12 prêmios em sua oitava e última temporada, 10 deles em categorias técnicas, entregues na semana passada.

Além da vitória da categoria drama, a produção também rendeu o prêmio de ator coadjuvante para Peter Dinklage. "GoT" venceu 59 estatuetas do Emmy em oito temporadas. A premiação fez história com Billy Porter, o primeiro ator negro abertamente gay a vencer um Emmy de melhor ator por uma série dramática ("Pose").

A melhor atriz de drama foi a britânica Jodie Comer, por "Killing Eve", outra série roteirizada por Phoebe Waller-Bridge. "Ozark" conquistou dois prêmios: Jason Bateman como diretor e Julia Garner como atriz coadjuvante. "Fleabag" dominou a categoria comédia, ao triunfar como melhor série, atriz e roteiro (os dois prêmios para Waller-Bridge) e melhor direção. "É realmente maravilhoso saber que uma mulher suja, pervertida e irritada pode chegar aos Emmys", declarou a atriz e roteirista britânica.

"The Marvelous Mrs. Maisel" venceu nas categorias coadjuvantes, com Tony Shalhoub e Alex Borstein. Bill Harder venceu como melhor ator de comédia por "Barry". A produção "Chernobyl" triunfou como melhor minissérie, roteiro e direção.

Vencedores do Emmy:

- Melhor série dramática: "Game of Thrones"
- Melhor comédia: "Fleabag"
- Melhor ator de drama: Billy Porter, "Pose"
- Melhor atriz drama: Jodie Comer, "Killing Eve"
- Melhor ator de comédia: Bill Hader, "Barry"
- Melhor atriz de comédia: Phoebe Waller-Bridge, "Fleabag"
- Melhor ator coadjuvante de drama: Peter Dinklage, "Game of Thrones"
- Melhor atriz coadjuvante de drama: Julia Garner, "Ozark"
- Melhor ator de comédia: Tony Shalhoub, "The Marvelous Mrs. Maisel"
- Melhor atriz de comédia: Alex Borstein, "The Marvelous Mrs. Maisel"
- Melhor minissérie: "Chernobyl"
- Melhor filme para TV: "Black Mirror: Bandersnatch"
- Melhor ator de minissérie ou filme para TV: Jharrel Jerome, "When They See Us"
- Melhor atriz de minissérie ou filme para TV: Michelle Williams, "Fosse/Verdon"
- Melhor ator coadjuvante de minissérie ou filme para TV: Ben Whishaw, "A Very English Scandal"
- Melhor atriz coadjuvante de minissérie ou filme para TV: Patricia Arquette, "The Act"
- Melhor reality show: "RuPaul's Drag Race"
- Melhor programa de esquetes e variedades: "Saturday Night Live"