Grandes produções chegam aos cinemas

Grandes produções chegam aos cinemas

As estreias contam com filmes como ‘Dupla Explosiva 2’, ‘Tempo’, ‘Jungle Cruise’ e ‘Caros Camaradas!’

Adriana Androvandi

Ryan Reynolds, Salma Hayek e Samuel L. Jackson em ‘Dupla Explosiva 2’

publicidade

Produções com nomes famosos do cinema internacional e com muitos efeitos especiais estão entre os lançamentos nas salas de cinema a partir de hoje. AÇÃO - Ryan Reynolds e Samuel L. Jackson estão juntos de volta com “Dupla Explosiva 2 - E a Primeira-Dama do Crime” (Hitman’s Wife’s Bodyguard), sequência de “Dupla Explosiva” (2017). Os protagonistas, um exímio guarda-costas e um criminoso, ganham a companhia da vigarista interpretada por Salma Hayek. Antonio Banderas e Morgan Freeman também integram o elenco do filme, que aposta em cenas de ação e humor.
MISTÉRIO - Outra estreia é o mais novo filme do diretor M. Night Shyamalan, que desde que fez “O Sexto Sentido” (1999) sempre gera expectativa com seus novos trabalhos, que têm como característica abordar temas sobrenaturais. Com o título de “Tempo”, este longa-metragem também investe no mistério. A trama começa com uma família indo para uma praia isolada para lazer em um feriado. A geografia do lugar conta com falésias e grutas. Aos poucos, estranhos fenômenos ocorrem com quem está lá, como um processo de envelhecimento rápido. O elenco conta com Gael García Bernal, Vicky Krieps, Rufus Sewell e Alex Wolff.
AVENTURA - Muita aventura é a aposta de “Jungle Cruise”, de Jaume Collet-Serra. Esta produção da Disney chega ao estilo matinê. O capitão de um barco, Frank (Dwayne Johnson), é contratado pela Dra. Lily Houghton (Emily Blunt) e seu irmão McGregor (Jack Whitehall) para levá-los em uma missão pelas densas florestas amazônicas com a intenção de encontrar uma misteriosa árvore com poderes de cura, que poderá mudar para sempre o futuro da medicina. No caminho, eles viverão inúmeros perigos, enfrentando animais selvagens e forças da natureza.<VS10.5>
RUSSO - Se os três filmes citados anteriormente flertam com a fantasia, chega um drama inspirado em fatos reais. É o russo “Caros Camaradas! Trabalhadores em Luta”, do aclamado cineasta e roteirista Andrei Konchalovsky. A história se passa em Novocherkassk (URSS), 1962. Lyudmila é uma executiva e devota do Partido Comunista. Certa de que seu trabalho criará uma sociedade comunista, a mulher detesta qualquer sentimento antissoviético. Durante um protesto popular iniciado a partir de uma fábrica, Lyudmila testemunha trabalhadores sendo baleados por ordem do governo da URSS, que busca encobrir greves trabalhistas em massa. Após um banho de sangue, quando os sobreviventes fogem da praça, Lyudmila percebe que sua filha desapareceu. Uma fenda aberta se abre em sua visão de mundo. Apesar do bloqueio da cidade, das prisões e das tentativas das autoridades de encobrirem o massacre, Lyudmila procura sua filha. A partir de então a vida dessa mulher nunca mais será a mesma. Desta forma, o filme aborda contradições históricas. Os fatos ocorridos na cidade foram mantidos em segredo por décadas. A primeira investigação oficial começou 30 anos depois, em 1992. Este longa-metragem foi o representante da Rússia para o Oscar na categoria de Melhor filme de Língua Estrangeira. E ganhou o Prêmio Especial do Júri no Festival de Veneza em 2020.

BRASILEIROS -  Um Brasil desconhecido se apresenta em “Rodantes”, que marca a estreia do diretor Leandro Lara na direção de longas-metragens. Durante seis meses, ele viajou por Rondônia, na região amazônica, para contar as histórias de três personagens que tentam seguir seus caminhos em um cenário hostil. 
Da veterana cineasta Lúcia Murat, estreia “Ana. Sem Título”. A protagonista, Stela, pesquisa cartas trocadas por artistas nas décadas de 1970 e 1980. A partir daí, ela traz à tona a vida de mulheres que trabalham com artes plásticas na América Latina.

 


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895