História de Gugu Liberato se confunde com a da TV brasileira
capa

História de Gugu Liberato se confunde com a da TV brasileira

Apresentador da Record TV morreu, nesta sexta-feira, aos 60 anos

Por
R7

Primeira participação do Gugu na televisão

publicidade

Gugu Liberato, que morreu nesta sexta-feira, aos 60 anos, construiu uma carreira de mais de três décadas de sucesso. O apresentador era um fenômeno de carisma, audiência e fez parte da família de milhares de brasileiros. Gugu marcou gerações ao longo de 30 anos de trajetória, que se confundem com a história da televisão brasileira

Desde criança, Gugu sonhou em trabalhar na TV e, aos 13 anos, entregou uma carta para Silvio Santos e conseguiu se tornar office-boy do dono do baú. Quando completou 19 anos, ele se tornou auxiliar de escritório e, pouco tempo depois, ganhou o cargo de produtor de TV. Mas, nesse período, decidiu largar tudo e estudar odontologia. Para a alegria dos fãs, o sonho de uma nova profissão durou apenas 40 dias.

Uma das primeiras aparições de Gugu na televisão foi no início da década de 1980 com o programa Sessão Premiada, no SBT. Eram os primeiros passos dele rumo ao estrelato. No ano seguinte, o apresentador passou a comandar o Viva Noite, aos sábados, e o programa caiu no gosto do público e foi fenômeno de audiência. Com quadros divertidos como Rambo Brasileiro e O Baile dos Passarinhos, Gugu ganhou destaque e fama. O Viva Noite ficou no ar até janeiro de 1992.

Por conta do sucesso, o apresentador foi procurado pela Globo e chegou a assinar contrato com a emissora. Silvio Santos fez uma contraproposta e conseguiu reverter a situação. Após este episódio, Gugu estreou aos domingos no comando das atrações Passa ou Repassa, Sabadão Sertanejo, Roletrando — esse último ao lado do dono do baú. Mas, o grande sucesso da carreira de Gugu foi nos anos 1990 à frente do Domingo Legal

Líder de audiência, o programa marcou gerações com quadros emblemáticos como Táxi do Gugu, Gugu na Minha Casa, Sentindo na Pele, além do "Eles x Elas", uma disputa divertida entre os artistas convidados. A Banheira do Gugu também foi um marco e até hoje é lembrada pelos fãs da atração. Artistas, cantores, personalidades participaram do quadro que tinha como objetivo encontrar os sabonetes na água. Recentemente, inclusive, o quadro foi recriado na Record TV

                               

Além do sucesso nos palcos, Gugu conquistou espaço na carreira musical com os hits Pintinho Amarelinho e a famosa coreografia, além de Galinha Azul e Bugalú. Em 30 de agosto de 2009, Gugu estreou na Record TV no comando do Programa do Gugu, que ficou no ar até junho de 2013.

Após o fim da atração, o apresentador ficou afastado das telinhas por quase dois anos, mas retornou à televisão em fevereiro de 2015, na Record TV com a atração intitulada Gugu — no ar até 2017. Em 2018, o apresentador assumiu o comando da terceira temporada do Power Couple Brasil. No ano seguinte, Gugu seguiu na apresentação do reality show. A estrela da Record TV estava à frente da segunda temporada do reality musical Canta Comigo. Este foi o último trabalho de Gugu na televisão.